Saúde

DIABETES: Conheça a doença e confira 6 sinais na pele que podem indicar diabetes

Saiba a diferença entre os tipos de diabetes, como é feito o tratamento e quais os principais sintomas da doença que afeta milhões de brasileiros

Humberto Cassimiro
Humberto Cassimiro
Publicado em 17/06/2022 às 22:08
Notícia
Tesa Robbins/Pixabay
Segundo o Atlas do Diabetes da Federação Internacional de Diabetes (IDF), ao menos 16,8 milhões de adultos sofrem com a diabetes no Brasil - FOTO: Tesa Robbins/Pixabay
Leitura:

A diabetes é uma doença caracterizada pela dificuldade do organismo em absorver a insulina, hormônio cuja função é transportar a glicose no sangue para dentro das células.

Por conta disso, a diabetes mellitus é marcada pela concentração elevada glicose no sangue e possui alguns sintomas conhecidos por quem convive com a doença.

De acordo com o Atlas do Diabetes da Federação Internacional de Diabetes (IDF), pelo menos 16,8 milhões de adultos sofrem com a doença somente no Brasil.

Tipos de diabetes

Diferente do que se pensa no senso comum, a diabetes é, na verdade, um conjunto de doenças e possui dois tipos principais.

  • Diabetes tipo 1: causada por uma predisposição genética, a doença se instala normalmente na infância ou adolescência. Neste tipo, o pâncreas não produz insulina ou produz em quantidade insuficiente.
  • Diabetes tipo 2: ocorre normalmente após os 40 anos e depende do estilo de vida da pessoa. Neste caso, as células são resistentes à ação da insulina.

.

Quais os sintomas da diabetes?

Entre os principais sintomas das diabetes estão:

  • poliúria, ou seja, urina excessiva, e desidratação (sede extrema);
  • aumento do apetite;
  • alterações na visão (pode ficar turva); e
  • feridas que demoram a cicatrizar.

Outros sintomas incluem infecções na pele ou nas unhas, distúrbios cardíacos ou renais (nos rins), impotência sexual e neuropatia diabética, que pode comprometer a sensibilidade nas mãos e pés, por exemplo.

Sinais na pele podem indicar diabetes

O que muitas pessoas podem não saber é que a pele pode apresentar alguns sinais, como manchas e bolhas, que indicam uma possível diabetes. São eles:

  • manchas ou inchaços amarelados ou amarronzados na pele;
  • manchas de pele endurecidas, especialmente nos dedos das mãos e pés
  • bolhas que aparecem subitamente na pele;
  • manchas extremamente secas e que coçam, em especial nos membros superiores e inferiores, como braços, pernas, cotovelos e pés; e
  • aréa mais escura e com aparência aveludada, particularmente na região do pescoço e axilas.

É importante destacar, contudo, que o diagnóstico de diabetes só pode ser feito por um médico. Caso apresente algum desses sinais, consulte um profissional da medicina.

Qual o tratamento para a diabetes?

O tratamento da diabetes depende, necessariamente, do tipo que afeta o paciente. O tipo 1, por exemplo, requer o uso das chamadas "canetas de insulina", injetadas no organismo com a finalidade de suprir a falta do hormônio.

Já o tipo 2 pode ser controlado por meio de medicamentos administrados por via oral. Em ambos os casos, é necessário acompanhamento de um endocrinologista e de um nutricionista para avaliar o melhor tratamento.

Isso porque a alimentação equilibrada é fundamental no tratamento da diabetes, já que a doença descontrolada pode causar um coma ou mesmo levar a óbito. Atividades físicas regulares também ajudam a controlar o nível de glicose no sangue.

Sistema Único de Saúde (SUS) oferece atendimento gratuito e universal, bem como acesso a medicamentos para tratar ambos os tipos de diabetes.

* Com informações do Portal Drauzio Varella e do jornal Metrópoles

Comentários

Mais Lidas