REVOLTA

Mãe de torcedor do Sport espancado lamenta morte do filho: "Muitas mães já sofreram. Eu estou sofrendo agora''

O jovem de 18 anos iria assistir a partida entre Sport e Ponte Preta

Mãe de torcedor do Sport espancado lamenta morte do filho:

O caso está sendo investigado pelo Delegado Paulo Dias - Foto: Reprodução/TV Jornal

Dona Erivalda, a mãe de Evandro Nascimento dos Santos, de 18 anos, que foi morto por não resistir aos ferimentos das agressões sofridas, comentou sobre a perda do filho. O rapaz foi espancando antes do jogo contra a Ponte Preta e não resistiu aos ferimentos. Ela procurou o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), nesta quarta-feira (27), para cobrar mais agilidade nas investigações.

"Muitas mães já sofreram. Eu estou sofrendo agora, amanhã pode ser outras e isso não vai parar. Isso tem que ter um fim", disse.

Revolta

A mãe do torcedor do Sport continua revoltada com os suspeitos que tiraram a vida do filho caçula e afirma que não terá paz até a prisão dos suspeitos. "Tem negócio de ter medo não. É botar para frente, botei coragem mesmo. Quem era para está aqui na terra é gente, não é marginal. Marginal era para está no inferno de onde eles vieram", expressou.

Crueldade

Em entrevista, ela ainda conta que não consegue entender tamanha crueldade. "Pelo o que conheço meu filho, parece que meu filho quando viu, que o cara iria em cima dele, aí foi quando ele reagiu para correr. Aí outro cara da moto veio, que era outro que estava acompanhado com esse carro, veio e de uma rasteira nele, para os homens irem todos em cima. Foram cinco homens em cima de uma criança. Porque meu filho era uma criança, e disseram que até pisada deram na cabeça do menino", relatou.

 

Testemunha

Um vizinho, que não quis ser identificado, contou que passava no local do crime, e viu quando o garoto estava sendo agredido por três homens.

Socorro

O estudante ainda foi socorrido para o Hospital da Restauração, passou por uma cirurgia, mas, na noite do último sábado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

>>>Dor e tristeza: torcedor do Sport, espancado em 'jogo do acesso', é enterrado

 

Investigação

O caso está sendo investigado pelo Delegado Paulo Dias.

Relembre o crime

Um torcedor do Sport de 18 anos morreu no último sábado (23), no Hospital da Restauração, área central do Recife, ele não resistiu aos ferimentos de um espancamento que sofreu na última quarta-feira (20), antes do jogo contra a Ponte Preta. A partida garantiu o acesso do Leão à primeira divisão do futebol nacional. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o caso.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.