TRAGéDIA

Filho encomenda assalto e mãe adotiva acaba morta pelos bandidos

Em depoimento a polícia, o jovem afirmou que era adotado desde criança pela mãe

Filho encomenda assalto e mãe adotiva acaba morta pelos bandidos

O crime aconteceu na cidade de Canhotinho - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

Um filho adotivo de 20 anos, encomendou um assalto contra a própria mãe que acabou sendo morta pelos bandidos contratados na noite da última quinta-feira (09), na cidade de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com informações da polícia, três homens encapuzados invadiram a residência para praticar o assalto e atiraram nos pais do jovem. A mãe identificada por Minéia Silvana da Silva, de 47 anos, não resistiu e morreu dentro de casa. Já o marido, Josenildo Martins de Melo, 49, continua internado no Hospital da Restauração, no Recife.

>>>Filho suspeito de matar e esconder ossada do pai adotivo é preso, no Agreste

Prisão

Na prisão, ele teria dito aos policiais que foi adotado pelos pais quando era criança e que a mãe sempre recebia ele em casa com um beijo.

Investigações

A polícia afirmou que o filho teria dito que os suspeitos iriam roubar R$ 10 mil do pai dele, e este valor seria dividido entre os envolvidos. Porém, o trio teria se antecipado e praticado o assalto antes do previsto para não precisar dividir o montante.

"As investigações ainda estão em andamento, existem mais pessoas envolvidas neste crime bárbaro e esperamos dar a resposta à sociedade o mais rápido possível", explicou o delegado. Os outros envolvidos ainda não foram identificados.

 

 

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

>>>Jovem morto em baile funk: polícia alega que já encontrou vítima baleada

>>>Adolescente de 14 anos atira na cabeça do próprio pai em Olinda

>>>Funcionário de lotérica é baleado quando seguia para banco em Itambé

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.