ABREU E LIMA

Corpo de mulher grávida desaparecida após deslizamento é encontrado

O corpo da gestante foi encontrado próximo do local onde a mãe dela foi socorrida com vida

Corpo de mulher grávida desaparecida após deslizamento é encontrado

Maria Eduarda estava grávida de 8 meses - Foto: Reprodução/TV Jornal

O corpo da mulher grávida que estava desaparecida após um deslizamento de barreira em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foi encontrado. Já são 12 mortes registradas em consequência da chuva forte que atingiu a RMR, na tarde da terça-feira (23) e durante toda a quarta-feira (24).

O mar de lama na área dificultou o trabalho dos 20 membros do Corpo de Bombeiros que participaram das buscas. Eles usaram duas retroescavadeiras para auxiliar no trabalho.

>> Barreira desaba no bairro Vasco da Gama e deixa quatro feridos

>> Renovado alerta para moradores de áreas de risco no Recife

>> Olinda: Barreira desliza duas crianças e dois adultos são socorridos

Buscas

O marido da vitima acompanhou de perto as buscas pelo corpo da esposa.  Primeiro, os Bombeiros encontraram a bolsa do bebê, que foi uma pista de onde o corpo da vítima poderia estar. Familiares  e vizinhos ajudaram nos trabalhos de busca.

 Depois de mais de 20 horas de buscas, o corpo da jovem foi encontrado, por volta das 23h30. Maria Eduarda da Silva, de 21 anos, estava grávida de oito meses, do primeiro filho do casal. Ela morava em Itamaracá, no Litoral Norte do Estado, e estava em casa de parentes, quando a tragédia aconteceu.

O corpo da gestante foi encontrado próximo do local onde a mãe dela foi socorrida com vida. O marido da vitima e pai da criança que ela estava esperando só parou de ajudar, quando o corpo foi encontrado.

Estragos

Quatro casas foram soterradas, com a queda da barreira. Outras quatro pessoas morreram no deslizamento, que aconteceu no bairro de Caetés I. 

>> Dois Unidos: ''Quando cheguei, não tinha mais nada em pé'', diz pai de vítima

>> Energia é cortada em bairros de Olinda, sem previsão de retorno

>> Canais transbordam e água invade casas em Olinda

 

Vítimas

  • Maria Eduarda da Silva, de 21 anos - Caetés
  • Mariana, 19 anos - Caetés
  • Luiz Henrique, 15 anos - Caetés
  • Silvano, idade não revelada - Caetés
  • Adalmir, 50 anos - Caetés

Sobrevivente em estado grave

Sobrevivente do deslizamento de barreira em Abreu e Lima, Ariana Tereza Xavier da Silva, de 39 anos, está em estado grave. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Miguel Arraes, ela passou por um procedimento cirúrgico na tarde desta quarta-feira (24).

Ainda segundo a unidade de saúde, a mulher se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedada e respirando com ajuda de aparelhos. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.