SOLIDARIEDADE

Sem auxílio de R$ 600, mães de crianças com microcefalia pedem ajuda

A Associação das Mães de Anjos denuncia que até agora não receberam o pagamento do auxílio de R$ 600

Sem auxílio de R$ 600, mães de crianças com microcefalia pedem ajuda

A Associação das Mães de Anjos, que reúne mulheres que têm filhos com microcefalia, está denunciando que até agora elas não receberam o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. O pagamento deveria ter começado nessa segunda-feira (13). Com a dificuldade financeira, elas pedem doações. Par doar alimentos, materiais de higiene pessoal e de limpeza doméstica, entre em contato através do número (81) 98748-9065.

>>>Covid-19: mercadinho recebe doações para pessoas que passam fome no Recife

>>>Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações

A presidente da UMA, Germana Soares, afirma ainda que 70% das mães são chefes de famílias, fato que ocasiona no dobro do benefício. "Como muitas foram abandonadas pelos companheiros, elas são chefes de famílias e devem receber o valor máximo do auxílio. O prazo era até essa segunda-feira, mas ninguém recebeu", afirmou. 

Assista

Mudança na data

Na noite dessa segunda-feira (13), a Caixa Econômica informou que segunda foi o prazo fixado para a Dataprev enviar os dados ao banco. Sendo assim, o pagamento do auxílio de R$ 600 para este grupo começa nesta terça-feira (14).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.