DENúNCIA

Médico denuncia fechamento de maternidade em Jaboatão; gestantes chegam e ficam sem atendimento

De acordo o texto do Diário Oficial, o espaço será dedicado exclusivamente ao atendimento de pacientes com o novo coronavírus

Médico denuncia fechamento de maternidade em Jaboatão; gestantes chegam e ficam sem atendimento

Os funcionários foram informados de fechamento da Maternidade Jaboatão Prazeres pelo Diário Oficial - Foto: Reprodução/SES-PE

Com informações de Isa Maria

Um médico denuncia o fechamento da Maternidade Jaboatão Prazeres, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com o profissional de saúde, faltam profissionais para completar a escala e alguns colegas adoeceram. Os funcionários incluindo médicos, enfermeiros e auxiliares foram comunicados sobre o fechamento da maternidade no último sábado (09), logo depois que a notícia foi publicada no Diário Oficial do Estado. 

>>>Coronavírus pode ser transmitido pelo sexo? Ginecologista responde<<<

No mesmo dia, já não havia mais médicos de plantão. Mesmo assim, a Central de Leitos ainda estava encaminhando pacientes. O local funcionava com 30 leitos e era única maternidade pública em funcionamento no município. De acordo o texto publicado no Diário Oficial, a partir desta segunda-feira (11), o espaço será dedicado exclusivamente ao atendimento de pacientes com o novo coronavírus.

Nota da SES-PE 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que o Hospital Jaboatão Prazeres, assim como todas as unidades de saúde da rede estadual de Pernambuco, está apto a receber pacientes suspeitos da Covid-19. Sobre a questão dos partos, é preciso destacar que o serviço possui um baixo número de procedimentos realizados e é voltado para o risco habitual, ou seja, partos que poderiam ser feitos em unidades municipais.

Além disso, o Brasil e o mundo vivem uma emergência em saúde pública devido à Covid-19, que tem provocado,em Pernambuco, uma crescente necessidade de leitos voltados para o atendimento de casos de Síndrome Respiratória. Diante disto, os cerca de 70 partos mensais realizados no Jaboatão Prazeres serão redirecionados para outras unidades da rede.

A SES-PE salienta que os pacientes que buscarem o Jaboatão Prazeres com sintomas respiratórios compatíveis com a Covid-19 serão destinados para áreas restritas e isoladas, seguindo todas as orientações sanitárias para evitar o contato com pacientes com outras patologias. Destaca-se também que o serviço está seguindo, rigorosamente, todas as recomendações de segurança e higiene. A destinação de leitos para Covid na unidade serão os primeiros para o tratamento da doença no município de Jaboatão. 

Por fim, é importante destacar que o Hospital Jaboatão Prazeres continua desempenhando o papel de atender à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), realizando os procedimentos e, quando necessário, fazendo a transferências de pacientes para outras unidades especializadas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.