BALANçO

Homicídios caem 23% em PE, porém, casos de violência contra mulheres e LGBT's crescem

Levantamento revelou que o número de assassinatos foi reduzido no Estado, porém, no mesmo período, casos de violência contra mulheres e LGBT'S cresceu

Homicídios caem 23% em PE, porém, casos de violência contra mulheres e LGBT's crescem

No balanço, foi constatada uma elevação no nível nos índices de violência doméstica contra mulheres e estupro - Foto: Reprodução/TV Jornal

O levantamento do 13° anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nessa terça-feira (10), revelou que o número de homicídios caiu 23% em Pernambuco no ano de 2018, em relação a 2017. Porém, nesse mesmo período, o número de casos de violência contra mulheres e contra o público LGBT aumentou.

No balanço, foi constatada uma elevação no nível nos índices de violência doméstica contra mulheres e estupro. Segundo dados dos registros, uma mulher é vítima de feminicídio a cada quatro dias em Pernambuco. Outro aumento registrado foi no número de crimes sem solução no estado: 246%. 

>>>Brasil é o 5° país onde mais se mata mulheres em todo o mundo

>>>Três dias após sumir, professor e militante LGBT é encontrado morto

Confira a reportagem 

Violência contra mulheres e público LGBT

Para o Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, a justificativa para o aumento no registro de casos de violência doméstica e estupros está no investimento feito pelo Governo Estadual no encorajamento das vítimas, para estas irem até à delegacia prestar um boletim de ocorrência contra os agressores. "A exemplo da própria interiorização da gerência de polícia científica. Com as novas unidades, as mulheres podem ser atendidas nas cidades onde moram", afirmou Pádua. 

Falta de políticas públicas

Por outro lado, o cientista social Thales Messias acredita que o aumento nesse tipo de violência não tem a ver com o encorajamento nas denúncias e sim na falta de políticas públicas para a segurança das mulheres. "71,5% das mortes de mulheres em Pernambuco acontecem em casa, por companheiros. Então, a política pública tem que existir um programa de conscientização para mudar essa cultura machista e misógina", declarou o pesquisador. 

Homicídios reduzidos

De acordo com os dados divulgados, houve uma redução de 23% no número de assassinatos em Pernambuco em 2018, quando comparado com números de 2017. Foi a segunda maior redução do Brasil.

Crimes não esclarecidos

No entanto, o índice de mortes sem o devido esclarecimento aumentou em cerca de 246%, no mesmo período. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.