VAZAMENTO DE ÓLEO

Após grande quantidade de óleo atingir praia de Alagoas, Pernambuco reforça ações preventivas

Governo de Pernambuco criou um grupo interinstitucional para monitorar manchas de óleo que possam chegar ao Estado

Após grande quantidade de óleo atingir praia de Alagoas, Pernambuco reforça ações preventivas

Manchas de óleo começaram a aparecer na praia de Japaratinga na última terça-feira (15) - Foto: Instituto do Meio Ambiente de Alagoas

Pernambuco vai reforçar as ações preventivas nas praias do Estado, segundo o JC Online. Após uma grande quantidade de óleo atingir a praia de Japaratinga, no estado vizinho de Alagoas, o governo de Pernambuco juntamente a Capitania dos Portos - Marinha do Brasil, montou um grupo interinstitucional para monitorar manchas de óleo que possam chegar ao Estado. Entre as ações preventivas, está um sobrevoo por todo o Litoral Sul, nesta quinta-feira (17). 

O óleo na praia de Japaratinga começou a aparecer após às 19h da última terça-feira (15), segundo o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas. 

Este grupo interinstitucional é formado por representantes das secretarias de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Defesa Social, Turismo e Lazer, Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Defesa Civil, Porto de Suape, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e reuniu-se nesta quarta-feira (16), na sede da Capitania dos Portos, no Bairro do Recife, área central. 

Leia mais detalhes sobre o trabalho do grupo interinstitucional no JC Online.

“Sem precedente”

As manchas de óleo que estão aparecendo nas praias do Nordestes foram classificadas pelo Ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles como um caso de poluição "sem precedente" no país. A origem do material ainda é desconhecida. 

"O problema é que é um caso sem precedentes e a origem do óleo é desconhecida. Já se sabe que o óleo não é brasileiro, que tem provavelmente origem venezuelana, mas não se sabe como ele vazou para o litoral brasileiro. Isso dificulta, portante, medidas de contenção. Aquelas medidas de contenção que podem ser pertinentes nos casos de determinado acidente, conhecida a origem, não são necessariamente pertinentes num caso de poluição difusa como estamos vendo aqui", afirmou o ministro, em Salvador, após sobrevoo no litoral da Bahia. As informações são da Agência Brasil. 

Praias atingidas em Pernambuco 

Boa Viagem - Recife

Praia Del Chifre - Olinda 

Piedade - Jaboatão dos Guararapes

Candeias - Jaboatão dos Guararapes

Praias de Gamboa - Ipojuca

Praia de Nossa Senhora do Ó - Ipojuca 

Porto de Galinhas - Ipojuca

Pau Amarelo - Paulista

Conceição - Paulista 

Carneiros - Tamandaré

Tamandaré - Tamandaré

Ilha Cocaia - Cabo de Santo Agostinho 

Praia do Paiva - Cabo de Santo Agostinho 

Praia do Forte Orange - Ilha de Itamaracá

Catuama - Goiana

Ponta de Pedras - Goiana 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.