COVID-19

Senado aprova decreto de calamidade pública no Brasil por causa do coronavírus

O decreto não precisa da assinatura do presidente Jair Bolsonaro

Senado aprova decreto de calamidade pública no Brasil por causa do coronavírus

Senado Federal aprovou o decreto de calamidade pública - Foto: Reprodução/Google Street View

O Senado Federal aprovou o projeto que decreta Calamidade Pública. Ao todo, foram, 75 senadores a favor, incluindo os votos dos três senadores de Pernambuco. De acordo com o correspondente da Rádio Jornal em Brasília, Romoaldo de Souza, o vice-presidente do Senado, Antonio Anastasia (o presidente, Davi Alcolumbre (DEM-AP) está em isolamento após testar positivo para o vírus), já promulgou e assinou. O decreto é legislativo e não precisa da assinatura do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Coronavírus em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, durante coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (19), que o Estado de Pernambuco registrou 28 casos de coronavírus. De acordo com a SES-PE, entre as novas pessoas infectadas, quatro são do Recife, uma de Jaboatão dos Guararapes e uma pessoa que mora no Rio de Janeiro, mas teve a confirmação da Covid-19 na capital pernambucana. 

 

Diante do aumento diário de pessoas infectadas com o vírus, o Governo de Pernambuco anunciou que os shoppings, salões de beleza e correlatos, clubes sociais, bares, restaurantes, lanchonetes e comércio de praia ficam fechados a partir do dia 21 de março. De acordo com o governador, bares e restaurantes só podem funcionar apenas para a realização de entregas. Confira os serviços afetados pelas medidas em combate ao coronavírus

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.