SAQUES

Saiba quem pode sacar 1º, 2º, 3º ou 4º parcela do auxílio emergencial na quinta-feira (30)

Os novos pagamentos e saques do auxílio emergencial seguem ciclos de crédito, de acordo com a Caixa Econômica Federal

Saiba quem pode sacar 1º, 2º, 3º ou 4º parcela do auxílio emergencial na quinta-feira (30)

Agência da Caixa Econômica Federal - Foto: José Cruz/Agência Brasil

Com os novos pagamentos já em vigor, a Caixa Econômica Federal realiza, nesta quinta-feira (29), cinco pagamentos diferentes do auxílio emergencial de R$ 600 para quem se inscreveu pelo aplicativo ou site. Os novos pagamentos foram das 4ª, 3ª, 2ª e 1ª parcela do auxílio emergencial. 

>>Caixa abre mais de 700 agências neste sábado para pagamento do auxílio emergencial

Entre as pessoas que receberem o valor, apenas os beneficiários do Bolsa Família puderam fazer o saque o dinheiro. Por enquanto, os demais beneficiários do auxílio emergencial só podem movimentar a poupança pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS). O aplicativo permite o pagamento de contas e boletos, além de compras por meio de cartão virtual.

Saque da 4ª parcela para beneficiários do Bolsa Família 

Podem sacar a quarta parcela do auxílio emergencial quem está no programa Bolsa Família e o último número do NIS termina em 9. 

  • NIS final 9 / 30 de Julho
  • NIS final 0 / 31 de Julho 

1º ciclo de pagamento

O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em abril de 2020, receberá o crédito da quarta parcela em poupança social digital aberta em seu nome, de 22 de julho a 26 de agosto, e sacam, de 25 de julho a 17 de setembro, conforme o mês de nascimento:

  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela até 30 de abril (1º lote) - 4º parcela  
  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela entre os dias 16 e 29 de maio ( 2º lote) - 3º parcela
  • Quem foi aprovado e só recebeu a primeira parcela em junho (4º lote) - 2º parcela 
  • Quem ainda não recebeu a primeira parcela (cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020 (5º lote) - 1º parcela  

2º ciclo de pagamento

Recebem, de 28 de agosto a 30 de setembro, e sacam, 19 de setembro e 27 de outubro, conforme o mês de nascimento:

  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela até 30 de abril (1º lote) - 5º parcela  
  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela entre os dias 16 e 29 de maio ( 2º lote) - 4º parcela
  • Quem foi aprovado e só recebeu a primeira parcela em junho (4º lote) - 3º parcela 
  • Quem ainda não recebeu a primeira parcela (cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020 (5º lote) - 2º parcela

3º ciclo de pagamento

Recebem, de 9 de outubro a 13 de novembro, e sacam, de 29 de outubro a 19 de novembro, conforme o mês de nascimento:

  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela entre os dias 16 e 29 de maio ( 2º lote) - 5º parcela
  • Quem foi aprovado e só recebeu a primeira parcela em junho (4º lote) - 4º parcela 
  • Quem foi cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020 (5º lote) - 3º parcela

4º ciclo de pagamento

Recebem, de 16 a 30 de novembro, e sacam, de 26 de novembro a 15 de dezembro, conforme o mês de nascimento:

  • Quem foi aprovado e só recebeu a primeira parcela em junho (4º lote) - 5º parcela 
  • Quem foi cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020 (5º lote) - 4º e 5º parcela

Quarta e quinta parcelas juntas

O calendário também é válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em julho de 2020. Eles receberão o crédito da quarta e quinta parcelas. Esse calendário vale para quem recebeu a terceira parcela no período de 9 de outubro a 13 de novembro, e sacou de 29 de outubro a 19 de novembro.

Quarta e quinta parcelas juntas

O calendário também é válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em julho de 2020. Eles receberão o crédito da quarta e quinta parcelas. Esse calendário vale para quem recebeu a terceira parcela no período de 9 de outubro a 13 de novembro, e sacou de 29 de outubro a 19 de novembro.

Sua conta foi bloqueada? Saiba o que fazer

A Caixa Econômica Federal afirmou que as pessoas podem já podem enviar os documentos por meio do aplicativo desbloquear a conta em até 24 horas. O aplicativo Caixa Tem é usado para recebimento do auxílio emergencial e, ainda de acordo com o banco, os usuários podem receber todas orientações para fazer o desbloqueio da conta no próprio aplicativo.

De acordo com a Caixa, 51% das pessoas beneficiadas com o auxílio emergencial precisam ir a uma agência para ter acesso a conta. Clique aqui e confira o calendário para desbloquear sua conta. 

Ainda tenho dúvidas. O que faço?

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.