NOVO PRAZO

Projeto dá prazo para pessoas em situação de rua solicitarem auxílio emergencial

O prazo para solicitar o auxílio emergencial se encerrou no início de julho.

Projeto dá prazo para pessoas em situação de rua solicitarem auxílio emergencial

Deputados destacam que população em situação de rua não tem acesso fácil a plataformas digitais - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 3930/20 permite que o trabalhador em situação de rua requeira até 30 de setembro o auxílio emergencial mensal de R$ 600.

>> Veja quem recebe auxílio emergencial e qual parcela nesta terça (28)

>> Inscritos no app ou site recebem auxílio emergencial nesta quarta (29)

>> Calendários de todas as parcelas do auxílio emergencial são divulgados

 

A proposta acrescenta a previsão à Lei 13.982/20, que trata do auxílio emergencial e prevê seu pagamento a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda durante a pandemia de Covid-19. O prazo para solicitar o benefício se encerrou no início de julho.

O texto tramita na Câmara dos Deputados e foi apresentado pelos deputados Erika Kokay (PT-DF), Helder Salomão (PT-ES), Paulo Teixeira (PT-SP), Maria do Rosário (PT-RS), Nilto Tatto (PT-SP), Paulão (PT-AL), Glauber Braga (Psol-RJ) e Natália Bonavides (PT-RN).

>> Auxílio emergencial: teve conta bloqueada? Atenção aos dias de desbloqueio

>> Inscritos no app ou site: quando será próximo pagamento do auxílio emergencial?

>> Auxílio Emergencial: Inconsistência cadastral pode ser resolvida no app

>> Auxílio emergencial: conta bloqueada? Veja se deve e quando pode ir a agência

Dificuldades

Eles argumentam que a população em situação de rua está entre as mais vulneráveis do País e enfrenta grandes dificuldades para exercer direitos.

“Esses trabalhadores enfrentam maiores dificuldades em requerer o auxílio, já que isso deve ser feito por plataforma digital, o que exige acesso a equipamento eletrônico de que esse trabalhador normalmente não dispõe”, observa a justificativa do projeto.

>> Auxílio emergencial chega à quarta parcela; veja calendários da Caixa

>> Perdeu o direito ao auxílio emergencial? Saiba o motivo e o que fazer

>> Auxílio emergencial: pagamento é dividido em 4 lotes de beneficiários

>> Auxílio Emergencial: Confira orientação da Caixa para desbloqueio de contas

Assistência social

A proposta também estabelece que não haverá limite para o número de autodeclarações que podem ser feitas em um mesmo aparelho de posse da assistência social ou de organizações credenciadas, com o objetivo de permitir que elas ajudem as pessoas em situação de rua a requerer o benefício.

Por fim, o texto determina que o poder público faça a busca ativa desses trabalhadores para que mais pessoas tenham acesso ao auxílio.

>> Ampliação do prazo do Bolsa Família também afeta o auxílio emergencial

>> Auxílio Emergencial: Veja se você pode ser excluído da quarta parcela

>> Auxílio Emergencial: Confira como comprar e pagar contas no Caixa Tem

Ainda tenho dúvidas. O que faço?

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

>> Advogado explica previsão de resposta para quem não recebeu o auxílio de R$ 600 e pagamento da quarta e quinta parcela

>> Não consegue tirar a carteira de identidade para obter o auxílio de R$ 600? Saiba o motivo e como resolver

>> Saiba se você pode receber ou será excluído da quarta parcela do auxílio emergencial 

>> Auxílio emergencial: inscritos no aplicativo ou site têm calendário diferente dos beneficiários do Bolsa Família

>> Auxílio Emergencial chega a 80% dos domicílios mais pobres do Brasil

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.