NOVA RODADA

Veja como será o auxílio emergencial em 2021, após confirmação de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro confirmou o pagamento do auxílio emergencial em 2021 e divulgou as definições do benefício

Veja como será o auxílio emergencial em 2021, após confirmação de Bolsonaro

O auxílio emergencial será pago ainda no primeiro semestre de 2021 - Foto: Leonardo Sá - Agência Senado

Ao falar com apoiadores, nessa segunda-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro confirmou a volta do auxílio emergencial, em 2021.

O retorno do auxílio emergencial vem sendo amplamente discutido, mas ainda não havia uma confirmação de valores, parcelas e início de pagamento do benefício.

 

>> Além do auxílio emergencial, programa de renda que substitua ou amplie o Bolsa Família é discutido

>> Imposto de Renda: quando precisa declarar ou devolver o auxílio emergencial?

>> Novo auxílio emergencial: Jair Bolsonaro confirma, divulga valor e detalha pagamentos

>> Paulista paga auxílio emergencial aos artistas e motoristas de transporte escolares

 

Como será?

Assim como havia adiantado o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, o auxílio emergencial terá um valor mais baixo do que em 2020.

O novo auxílio emergencial será no valor de R$ 250, por quatro meses. A negociação, segundo Bolsonaro, foi fechada em reunião, no domingo (28), com líderes do Congresso. O benefício será pago de março a junho. 

 

>> Auxílio emergencial: após reunião, Governo define que benefício será de R$ 250, pago em 4 meses

 

"Não é aposentadoria"

O presidente destacou que o auxílio emergencial "é endividamento", pois não tem dinheiro no cofre do país para o benefício. "Alguém sabe quanto custa isso para todos vocês, brasileiros? O nome é auxílio, não é aposentadoria. Agora, R$ 250 está acima da média do Bolsa Família, que são R$ 190", afirmou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.