VIOLÊNCIA

Irmã de vítima de latrocínio em Recife desaba sobre a violência: 'Foi primeiro assalto que sofri e já levaram a vida do meu irmão’

O estudante foi baleado no rosto durante um assalto, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/11/2021 às 16:54 | Atualizado em 04/03/2022 às 17:02
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Vítima de um latrocínio, roubo seguido de morte, o corpo de Pedro Henrique Gonçalves Ferreira, de 24 anos, foi liberado pelo Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, nesta sexta-feira (12).

Depois de autorizado, o corpo foi levado para sua cidade natal, Itapetim, no Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (11), quando estava com a irmã.

A jovem preferiu não ser identificada e, em entrevista à imprensa, contou sobre o trauma de perder o irmão para a violência.

"Eu nunca imaginei que ia passar isso na vida. Na verdade, foi o primeiro assalto da minha vida. E já levaram junto a vida do meu irmão. Quem que ia adivinhar? Saindo de casa para não voltar mais", disse.

Ela foi consolado por familiares.

O jovem tinha apenas 24 anos.

O jovem tinha apenas 24 anos.
Foto: Arquivo Pessoal

Câmeras flagraram crime

Câmeras de segurança das redondezas registraram o momento exato em que o estudante reage ao assalto e é baleado no rosto na Zona Oeste do Recife, em Madalena. 

O caso aconteceu nesta quinta-feira (11) e Pedro Henrique Gonçalves Ferreira, estudante universitário de 24 anos, não resistiu e faleceu.

A investida criminosa aconteceu em plena luz do dia, por volta das 13h30, enquanto ele acompanhava sua irmã.

Conforme mostra a filmagem, é possível ver dois homens em uma moto abordando as vítimas e anunciando o assalto. A irmã de Pedro deu o aparelho celular aos criminosos assim que eles se aproximaram.

Já o estudante de educação física reagiu à tentativa e tentou pegar a arma do criminoso. Nesse momento, um dos suspeitos que estava na garupa da motocicleta atira na vítima.

Pedro morreu à caminho do hospital. Veja o vídeo abaixo:

[ATENÇÃO! As imagens são fortes]

Suspeitos presos

Ainda nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil de Pernambuco confirmou a prisão dos suspeitos de cometer o latrocínio contra o estudante.

Ao todo, quatro pessoas foram presas, mas um deles pagou fiança e foi solto. O suspeitos têm 19, 20 e 26 anos de idade.

Eles foram autuados pelo crime de latrocínio, quando há o roubo seguido de morte, e por posse ilegal de arma.

Eles foram encontrados no bairro de San Martin, também na Zona Oeste do Recife.

A Polícia Militar conseguiu identificar os suspeitos por conta das imagens da câmera instalada em frente à residência onde o crime ocorreu.

Com a identificação da placa da moto dos suspeitos, foi possível realizar diligências e capturá-los. Eles foram apreendidos com uma arma de fogo calibre 38, uma moto Honda CG 150 TITAN e um celular.

Mais Lidas