RESUMO

Olimpíadas de Tóquio: recorde de medalhas, vitórias, derrotas; veja resumo e atualizações desta quinta (5)

Veja as principais disputas, as medalhas conquistadas pelo Brasil e os recordes quebrados nos Jogos Olímpicos realizados no Japão

Olimpíadas de Tóquio: recorde de medalhas, vitórias, derrotas; veja resumo e atualizações desta quinta (5)

As Olimpíadas de Tóquio vão ser disputadas até o dia 8 de agosto - Foto: Gaspar Nóbrega/COB

As Olimpíadas de Tóquio vão ser disputadas até o dia 8 de agosto, data da cerimônia de encerramento. Abaixo, confira os principais acontecimentos do maior evento esportivo do planeta, com foco nos brasileiros nas competições nos Jogos Olímpicos, nesta quinta-feira (5).

>> Olimpíadas hoje: veja horários de jogos do Brasil nesta quinta (05) e quadro de medalhas atualizado

 

DIA 16 (5 de agosto)

Brasil iguala recorde

Com a prata de Pedro Barros no skate park, o Brasil garantiu a 19ª medalha e igualou recorde obtido nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. Nos Jogos de Tóquio, o país soma quatro ouros, quatro pratas e oito bronzes, além de ouro ou prata no futebol masculino, boxe feminino (Beatriz Ferreira) e boxe masculino (Hebert Conceição).

>> Brasil bate recorde de mulheres medalhistas nas Olimpíadas de Tóquio; veja quem são as atletas

 

Prata de Pedro Barros

Aos 26 anos, Pedro Barros conseguiu uma nota 86,16 e ficou com a medalha de prata no skate park. A final ainda contou com outros dois brasileiros: Luizinho, em quarto, com 83,14 pontos, e Pedro Quintas, que terminou em oitavo lugar, com apenas 38,47. O australiano Keegan Palmer ficou com o ouro, e o americano Cory Juneau completou o pódio.

>> VÍDEOS: Pedro Barros conquista prata no skate park e movimenta quadro de medalhas das Olimpíadas; veja apresentação e tabela atualizada

 

Brasil na final do boxe

Hebert Conceição derrotou o russo Gleb Bakshi e passou para a final da categoria peso médio (até 75kg) do boxe. O brasileiro teve uma atuação muito segura e foi declarado vencedor pelos juízes em decisão dividida: 4 a 1. Na disputa pelo ouro, Hebert vai enfrentar o ucraniano Oleksandr Khyzhniak.

No feminino, Beatriz Ferreira venceu a finlandesa Mira Porkonen e avançou para a final da categoria peso-leve (até 60kg) do boxe. A brasileira foi mais efetiva e ganhou a luta por decisão unânime dos juízes. Na disputa pelo ouro, a adversária será a irlandesa Kellie Harrington.

Vôlei - masculino

O Brasil perdeu na semifinal para o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1, com parciais de 25/18, 21/25, 24/26 e 23/34. Com a derrota, o Brasil vai para a disputa do bronze.

Arremesso de peso - masculino

Darlan Romani voltou a bater na trave, nos Jogos Olímpicos. O catarinense, de 30 anos, ficou na quarta colocação, no arremesso de peso, depois de ter ficado em quinto nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Neste ciclo olímpico, Romani conquistou o ouro no Pan-Americano de Lima e obteve outros bons resultados, mas sofreu em 2020, por conta da pandemia. Ele foi infectado pelo coronavírus e ainda ficou afastado do seu treinador.

Revezamento 4x100m - masculino

O Brasil não conseguiu chegar à final no revezamento 4x100m masculino. O quarteto formado por Rodrigo Nascimento, Felipe Bardi, Derick Silva e Paulo André terminou a prova com o tempo de 38s34, e ficou em quinto lugar da sua série, sendo o 12º no geral.

Decatlo - masculino

O brasileiro Felipe dos Santos encerrou a participação no declato. O atleta terminou a modalidade na 18ª colocação, com 7.880 pontos. Medalhista de ouro no declato, o canadense Damian Warner ficou com o primeiro lugar do pódio ao obter 9.018 pontos.

Basquete - masculino 

Está definida a final do basquete masculino. Atuais tricampeões olímpicos, os Estados Unidos vão encarar a França, na decisão pelo ouro. Eslôvenia e Austrália vão duelar pelo bronze.

Vôlei de praia - masculino 

O vôlei de praia masculino também tem final definida. A decisão pelo ouro será disputada entre a dupla Krasilnikov e Stoyanovskiy (Comitê Olímpico Russo) contra Sorum e Mol (Noruega). Younousse e Tijan (Qatar) e Plavins e Tocs (Letônia) se enfrentam pelo terceiro lugar.

Futebol - feminino

A medalha de bronze da modalidade ficou com os Estados Unidos, que bateram a Austrália por 4 a 3, na disputa pelo terceiro lugar. Canadá e Suécia decidem, na noite desta quinta (horário de Brasília), quem fica com a medalha de ouro.

Quadro de medalhas atualizado

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.