COVID-19

Saiba como será o funcionamento do comércio, em igrejas e praias de Pernambuco após extensão da quarentena

O governador Paulo Câmara comentou sobre a flexibilização das restrições no período durante coletiva nesta quinta-feira (25)

Saiba como será o funcionamento do comércio, em igrejas e praias de Pernambuco após extensão da quarentena

O governador Paulo Câmara comentou sobre a flexibilização das restrições no período durante coletiva nesta quinta-feira (25) - Foto: Paulo Daniecelil

Atividades econômicas, atividades físicas individuais nas praias e celebrações religiosas em igrejas terão horário flexível para operar em Pernambuco. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (25), pelo governador Paulo Câmara, durante a coletiva de imprensa online sobre a covid-19 no estado. 

“As atividades econômicas poderão reabrir das 10h às 20h nos dias de semana, e das 9h às 17h aos sábados, domingos e feriados. As praias voltarão a ter atividades físicas individuais permitidas, e a volta às aulas estará liberada a partir do próximo dia 5 de abril, para a rede privada e para o ensino médio da rede estadual”, detalhou Paulo Câmara sobre as novas medidas, esclarecendo também que as celebrações religiosas poderão voltar a acontecer, desde que obedecendo aos protocolos e horários pré-estabelecidos.

Ainda segundo o governador, a flexibilização das restrições não significa que a pandemia foi superada em Pernambuco. “Pelo contrário, temos um caminho longo pela frente até a superação total desse flagelo. Todos já sabemos quais são as atitudes que permitem conviver com a doença. Faça a sua parte, use máscara e oriente as pessoas que estejam relaxando nos cuidados básicos”, advertiu Paulo Câmara, acrescentando que considera o atual momento decisivo na luta contra a doença, que já dura mais de um ano.

>>>Aulas presenciais em instituições de ensino de Pernambuco podem retomar no dia 5 de abril

>>>Pernambuco estende quarentena até 31 de março e iniciará novas medidas contra covid-19

>>>AO VIVO: acompanhe a coletiva do Governo de Pernambuco sobre a covid-19 nesta quinta (25)

Instituiçoes de ensino

Escolas, faculdades e universidades públicas e privadas de Pernambuco poderão voltar a promover aulas presenciais a partir do dia 5 de abril. 

Anteriormente, as aulas presenciais seriam liberadas a partir da próxima segunda-feira (29). Também ficou definido, na ocasião, a extensão do decreto da quarentena, até a próxima quinta-feira (31). Com isso, Pernambuco completará 14 dias seguidos de medidas restritivas em todo o território. O governador comunicou ainda que já a partir do dia 1º será colocado em prática um novo plano de convivência com a pandemia da Covid-19, com regras válidas até o dia 25 de abril.

Anúncio do governador

Rede pública de ensino 

O ensino presencial para a rede pública permanece sem liberação, pelo governo estadual, para séries do ensino fundamental e da educação infantil. Apenas o ensino médio na rede pública poderá ter aulas presenciais.

Rede privada de ensino

Na rede privada todas as etapas da educação básica poderão voltar a funcionar no dia 5. A interrupção das aulas presenciais afeta cerca de 700 mil discentes da educação básica de Pernambuco (400 mil na rede particular, em todas as etapas; e 300 mil do ensino médio da rede estadual).

Assista à coletiva

>>>"Provável que esses 11 dias sejam insuficientes", diz especialista sobre quarentena em Pernambuco

Covid-19 em Pernambuco

O Estado de Pernambuco segue registrando recorde diário de casos do novo coronavírus. Nesta quinta-feira (15), foram confirmados 2.786 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 187 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.599 (93%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 339.022 casos confirmados da doença, sendo 35.156 graves e 303.866 leves. 

Mortes

Além dos casos, também foram confirmados 46 óbitos, ocorridos entre 30/04/2020 e 24/03/2021. Com isso, o Estado totaliza 11.853 mortes pela Covid-19. 

Os números da covid-19 são atualizados, diariamente, pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE).

Período em quarentena

Durante o período de quarentena em Pernambuco, ficarão proibidos de funcionar os serviços de bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho.

Além disso, escolas e universidades (públicas e privadas); clubes sociais , esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais. Já as igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.