ATENÇÃO

Auxílio de R$ 600: Confira os cuidados na hora de solicitar benefício e como identificar fraudes

Veja as dicas para que evitar golpes envolvendo o auxílio de R$ 600

Auxílio de R$ 600: Confira os cuidados na hora de solicitar benefício e como identificar fraudes

Aplicativo do auxílio emergencial ao trabalhador - Foto: Marcello Casal Jr./ABr

As pessoas que recebem o auxílio de R$ 600 e até mesmo quem ainda não teve direito ou não solicitou o benefício podem ser vítimas de golpes envolvendo a renda dada pelo Governo Federal durante a pandemia do novo coronavírus. O cidadão pode reduzir bastante o risco de ter uma ou mais parcelas subtraídas por golpistas ou de ver o seu CPF utilizado em uma fraude envolvendo o auxílio emergencial, de acordo com a Caixa Econômica Federal.

No geral, ainda de acordo com a Caixa, fraudadores tiram proveito da distração do usuário para fazer com que ele digite números de documentos, senhas e outros dados pessoais em sites e aplicativos falsos.

Riscos

Os riscos de sofrer um golpe não está restrito a pessoas que são levadas a utilizar sites e aplicativos que são idênticos aos canais oficiais da Caixa. Propagandas de promoções imperdíveis na internet podem levar o cidadão a clicar em links que abrem portas para a entrada de malwares - programas que roubam dados do computador do usuário. Com esses dados, criminosos podem tentar fazer a inscrição no auxílio emergencial ou aplicar os mais diversos tipos de golpes eletrônicos.

A forma mais adequada de verificar se o CPF foi utilizado para pedir ou movimentar irregularmente o auxílio é realizar a consulta no https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/

Geralmente, os golpistas costumam chegar aos usuários por meio de:

  • Sites faltos
  • Mensagens de WhatsApp
  • Aplicativos falsos
  • SMS com links para sites falsos

>>Auxílio Emergencial terá saque liberado na segunda (15) para todos aprovados

>>Auxílio de R$ 600: Confira se você está entre as 4,9 milhões de novas pessoas que vão receber a 1ª parcela

Como identificar o golpe?

Para você identificar um golpe, a Dataprev criou um canal para que o cidadão verifique o se o seu CPF foi utilizado em um pedido de auxílio. É só acessar o site https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/ informar o nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Se a mensagem for de 'requerimento não encontrado', não há pedido de auxílio mo CPF.

O que fazer após sofrer um golpe?

Se o beneficiário teve o dinheiro de uma ou mais parcelas desviado por golpistas ou teve seu CPF utilizado de forma irregular, algumas medidas são recomendadas:

  • 1. Registre um boletim de ocorrência na Polícia Civil
  • 2. Faça uma denúncia ao Ministério da Cidadania através do 121
  • 3.Comunique a fraude em uma das agências da Caixa

Canais seguros

  • 1. Só faça o cadastro para receber o auxílio emergencial no site oficial da Caixa Econômica Federal: www.caixa.gov.br ou nos aplicativos baixados em lojas oficiais das empresas fabricantes dos celulares da Apple (App-Store) e da Samsung (Play-Store)
  • 2. Não acesse nenhum site que se diga da Caixa Econômica Federal, sem constar as terminações .gov.br
  • 3. Ao entrar na página da Caixa Econômica Federal verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.
  • 4. Links que levem direito ao cadastro deve ser https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio, ou seja tem que haver o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;
  • 5. Ao receber uma mensagem em seu celular sobre o cadastramento do auxílio-emergencial, desconfie sempre antes de clicar nos links. 
  • 6. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são verdadeiros – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.
  • 7. Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: cadastramento liberados até hoje, último dia para o cadastro, urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais mensagens querem fazer com que as pessoas não averiguem a veracidade do conteúdo nas páginas e órgãos oficiais.
  • 8. Jamais forneça ou repasse informações sobre senha de banco, conta bancária, dados financeiros e do benefício do INSS dentre outros.
  • 9. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar agentes de saúde e realizar assaltos.
  • 10. Nenhum órgão do governo federal se comunica com quer que seja solicitando dados e informações dos seus beneficiários ou servidores através de links via WhatsApp;
  • 11. Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;
  • 12. Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados

Como se cadastrar para receber o auxílio

PELO COMPUTADOR:

  • 1. Acessando o site da Caixa Econômica Federal em seu navegador;
  • 2. Com a página aberta, clique em “Realize sua solicitação”;
  • 3. Confira as regras, marque as caixinhas indicadas e clique em “Tenho os requisitos, quero continuar”;
  • 4. Preencha os dados solicitados e prossiga até o final do cadastro.5. Depois de ter realizado o cadastro é só acompanhar a solicitação para saber se o auxílio foi aprovado.

PELO CELULAR:

  • 1. Acesse a Google Play, Play Store ou App Store e realize o download do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial;
  • 2. Após ter feito o download, abra o aplicativo normalmente e toque em “Realize sua solicitação”;
  • 3. Leia as regras para ter direito ao benefício, marque as caixinhas de que está de acordo, toque em “Tenho os requisitos, quero continuar” e prossiga com o cadastro até o final.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.