PREVIDÊNCIA

INSS 2022: qual é o teto da aposentadoria? Veja tabela com parcelas a deduzir


O reajuste foi de 10,16% em relação ao ano de 2021, acompanhando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)

Humberto Cassimiro
Humberto Cassimiro
Publicado em 18/02/2022 às 10:49
Notícia
Tomaz Silva/Agência Brasil
Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já disponibilizou o calendário de pagamentos de benefícios de 2022 - FOTO: Tomaz Silva/Agência Brasil
Leitura:

Anualmente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) atualiza os valores das aposentadorias e pensões recebidas pelos beneficiários da Previdência Social.

Em 2022, o reajuste acompanhou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, que acumulou 10,16%.

Qual é o teto da aposentadoria em 2022?

Com o reajuste de 10,16% nos valores de aposentadorias e pensões, o INSS estabeleceu o teto dos benefícios em R$ 7.087,22. Em 2021, o teto foi de R$ 6.433,57. Confira as faixas salariais atualizadas:

2021 2022
Até R$ 1.100,00 Até R$ 1.212,00
R$ 1.100,01 a R$ 2.203,48 R$ 1.212,01 a R$ 2.427,35
R$ 2.203,49 a R$ 3.305,22 R$ 2.427,36 a R$ 3.641,03
R$ 3.305,23 a R$ 6.433,57 R$ 3.641,04 a R$ 7.087,22

Como fica a tabela com dedução do INSS?

Com o reajuste das faixas salariais, também mudam as parcelas a deduzir. Em 2022, o trabalhador que recebe até um salário mínimo continua sem a necessidade de incluir as parcelas no cálculo de contribuição.

Faixa salarial Alíquota de contribuição Dedução
Até R$ 1.212,00 7,5% R$ 0,00
R$ 1.212,01 a R$ 2.427,35
9% R$ 18,18
R$ 2.427,36 a R$ 3.641,03
12% R$ 91,00
R$ 3.641,04 a R$ 7.087,22 14% R$ 163,82

Dessa forma, quem recebe R$ 7.087,22 de salário, por exemplo, paga R$ 828,38 de contribuição ao INSS mensalmente.

Comentários

Mais Lidas