Aposentada se emociona após conseguir ficar em pé depois de AVC


A aposentada Edilene Maria, 59 anos, sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) há quatro anos e ficou com a saúde comprometida. Para piorar a situação, pouco tempo depois foi diagnosticada com chikungunya e parou de andar. Desde então, utiliza uma cadeira de rodas para se locomover e faz fisioterapia. Na última sexta-feira (8), durante a inauguração do Centro de Fisioterapia de Gravatá, Agreste de Pernambuco, Edilene deixou todos os presentes emocionados ao conseguir ficar de pé pela primeira vez.