PANDEMIA

Pernambuco: 85 cidades não terão reabertura do comércio de rua na segunda (15)

O comércio de rua de 85 cidades do Agreste e Zona da Mata de Pernambuco vai demorar mais para reabrir

Pernambuco: 85 cidades não terão reabertura do comércio de rua na segunda (15)

A retomada das atividades estava prevista na terceira etapa do Plano de Convivência com a Covid-19 - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Sem mostrar tendência de queda no número de casos do novo coronavírus e com aumento na demanda por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 85 cidades do Agreste e Zona da Mata de Pernambuco não terão reabertura de comércio de rua e atividades como salões de beleza e estética na próxima segunda-feira (15). A retomada das atividades estava prevista na terceira etapa do Plano de Convivência com o coronavírus, porém, as cidades das regiões de Palmares, Goiana, Caruaru e Garanhuns não acompanharam a tendência dos outros municípios do Estado.

De acordo com o governador Paulo Câmara, o Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 analisou todos os dados de saúde do estado e concluiu que as cidades da Macrorregião dois e das Matas Sul e Norte precisam manter as restrições por, pelo menos, mais uma semana. “Os dados de saúde de Pernambuco, de uma maneira geral, apontam para uma queda no número de óbitos e casos do coronavírus. Infelizmente nas regiões de Palmares, Goiana, Caruaru e Garanhuns isso não se apresenta da mesma forma. Por isso, vamos agir com a cautela necessária e manter as restrições”, explicou o governador.

>>Governo de Pernambuco vai discutir reabertura dos templos religiosos próxima semana

>>Novas ondas de infecção pelo coronavírus não foram descartadas, afirma secretário

>>Após quase dois meses de serviços interrompidos, construção civil retoma atividades em Pernambuco

Cidades que não que não terão reabertura do comércio de rua

III Geres (Palmares) - 22 municípios: Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu

IV Geres (Caruaru) – 32 municípios: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim , Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

V Geres (Garanhuns) - 21 municípios: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

XII Geres (Goiana) – 10 municípios: Goiana, Aliança, Camutanga, Condado, Ferreiros, Itambé, Itaquitinga, Macaparana, São Vicente Ferrer, Timbaúba.

Reabertura do varejo

Na próxima segunda-feira (15), acontecerá a reabertura gradual do varejo para lojas de até 200 metros quadrados. Serviços de venda, locação e vistoria de veículos também voltarão a funcionar na mesma data, assim como salões de beleza e serviços de estética.

>>Coronavírus: Confira as medidas de proteção que devem ser tomadas por quem reabre nesta segunda

>>Reabertura: Confira serviços que voltam a funcionar nesta segunda (8)

>Com retorno dos shoppings, RioMar Recife inicia Drive-Thru nesta segunda-feira (08)

Primeira etapa

A primeira etapa de reabertura econômica em Pernambuco aconteceu na segunda-feira (1), quando a operação de lojas físicas de material de construção e o funcionamento, exclusivamente por delivery, do comércio não essencial foi liberado. Na última segunda (8), houve a retomada dos trabalhos da construção civil. Já na quarta-feira (10), aconteceu a retomada de diversos serviços de saúde, como, clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia.

Coronavírus em Pernambuco

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (11), 1.059 novos casos do novo coronavírus, segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Entre os confirmados, 788 são casos leves e 271 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Agora, o Estado totaliza 42.994 casos, sendo 16.557 graves e 26.437 leves.

Também foram confirmadas nesta quinta 102 mortes ocorridas desde o dia 15 de abril pelo coronavírus. Do total, 70 óbitos (69%) ocorreram entre o dia 15 de abril e 07 de junho e 32 (31%) ocorreram desde a última segunda-feira (08.06). Com isso, Pernambuco totaliza 3.633 mortes pela doença.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas,incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.