NOVO VALOR

Bolsonaro volta a falar em prorrogação do auxílio emergencial

Presidente Jair Bolsonaro voltou a se pronunciar sobre o prazo de uma nova prorrogação do auxílio emergencial e novo valor

Bolsonaro volta a falar em prorrogação do auxílio emergencial

Presidente estuda prorrogar o benefício até o fim do ano - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a anunciar que o governo trabalhar pela prorrogação do auxílio emergencial até o final do ano, com um valor abaixo dos atuais R$ 600, mas acima de R$ 200,00.

 

“Sabemos da necessidade daqueles que recebem o auxílio emergencial, e ele é pouco para quem recebe e muito para quem paga”, disse o presidente. “Vocês gastam por mês R$ 50 bilhões neste auxílio. Nós pretendemos com um valor menor, que obviamente não será 600, mas também não será 200, prorrogá-lo até o final do ano”, acrescentou.

Bolsonaro fez o anúncio no município goiano de Caldas Novas, onde participou da inauguração de uma usina de energia fotovoltaica.

 

>> Projeto institui renda básica com ampliação do Bolsa Família

>> Bolsonaro diz que R$ 600 é ''muito'', R$ 200 é ''pouco'' e quer ''meio-termo'' sobre prorrogação do auxílio emergencial

>> Bolsonaro divulga prazo de possível prorrogação do auxílio emergencial

>> Presidente da Câmara fala sobre possibilidade de nova prorrogação do auxílio emergencial

 

O auxílio emergencial

Pago em razão da crise econômica provocada pela pandemia de covid-19, a criação do benefício foi aprovada pelo Congresso em março e sancionada pelo presidente no mês seguinte. Os beneficiários aprovados, que incluem desempregados e informais, recebem hoje parcelas mensais de R$ 600,00.

 

>> Programa que substituiria Bolsa Família e Auxílio Emergencial é suspenso por divergências sobre parcelas

>> Mourão defende aprimoramento e manutenção do auxílio emergencial

>> Programa que substitui Auxílio Emergencial e Bolsa Família deve ir ao Congresso na próxima semana

>> Prorrogado: Auxílio emergencial vai até fim do ano; confira novo valor

 

Renda Brasil

A proposta do Orçamento de 2021, enviada nessa segunda-feira (31) ao Congresso, não terá recursos para o programa Renda Brasil, novo programa de transferência de renda em estudo pelo governo, mas elevará em 18,22% a dotação para o Bolsa Família. Segundo o texto, a verba para o Bolsa Família passará de R$ 29,485 bilhões em 2020 para R$ 34,858 em 2021.

 

>> Após nova atualização, entenda os calendários de todas as parcelas do auxílio emergencial

>> Auxílio emergencial: Caixa inicia Ciclo 2 de pagamentos, com 5º parcela e novos beneficiários

>> Auxílio emergencial: começa o pagamento da 5º parcela para inscritos no app ou site

>> Teve o auxílio emergencial negado? Saiba como contestar via Dataprev 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.