MORENO

Auxílio emergencial: Caminhão-agência da Caixa chega ao Grande Recife

O caminhão-agência da Caixa Econômica Federal chega para dar apoio nas ações do auxílio emergencial na região

Auxílio emergencial: Caminhão-agência da Caixa chega ao Grande Recife

São seis veículos rodando o país para levar atendimento a municípios desassistidos de serviços bancários - Foto: Jailton Júnior/TV Jornal

A cidade de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, contará com a presença de uma unidade móvel de atendimento da Caixa Econômica Federal, a partir desta segunda-feira (29). No Caminhão, a população terá à disposição todo o atendimento necessário para o recebimento do Auxílio Emergencial. A unidade ficará na cidade até a sexta-feira, 3 de julho.

>> Auxílio emergencial: Caixa divulga novos calendários da 1º, 2º e 3º parcela

>> Caixa divulga calendário da 3º parcela do auxílio emergencial

Como vai funcionar

O Caminhão-Agência da Caixa vai ficar no Pátio de Eventos Waldemir Silva, na Avenida Dr. Sofrónio Portela, no centro da cidade. O horário de funcionamento é das 08h às 14h. O local foi escolhido por ser de fácil acesso e permitir a livre circulação de pessoas.

 

>> Auxílio emergencial tem 16,69 milhões cadastros pendentes; o que fazer

>> Veja como devolver auxílio emergencial recebido indevidamente

>> Cerca de 318.369 agentes públicos receberam auxílio emergencial

>> Veja como denunciar fraudes no auxílio emergencial

Público-alvo

O público-alvo dessa ação são os beneficiários do Auxílio Emergencial de Moreno e de cidades vizinhas. 

Prorrogação

Durante live semanal nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro informou que o auxílio emergencial vai pagar um adicional de R$ 1,2 mil. O valor será dividido em três parcelas. "Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300", afirmou o presidente, que estava ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O auxílio é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

>> Auxílio emergencial: Prazo para solicitar benefício acaba em duas semanas

>> Auxílio emergencial: Cerca de 2,7 milhões de pessoas estão em análise

>> Teve o auxílio emergencial negado? Defensoria Pública poderá ajudar

Auxílio emergencial

O auxílio é um benefício do governo federal, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregado e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). De acordo com o ministério, será preciso gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) para fazer a devolução. 

Quem tem direito ao auxílio emergencial?

Tem direito ao benefício o cidadão maior de 18 anos, ou mãe com menos de 18, que atenda aos seguintes requisitos:

  • Pertença a família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); 
  • Que não esteja recebendo benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro programa de transferência de renda federal, exceto o Bolsa Família;
  • Que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:
  • Microempreendedor individual (MEI);
  • Contribuinte individual da Previdência Social;
  • Trabalhador informal, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo.

Quem não tem direito ao auxílio emergencial?

Não tem direito ao auxílio o cidadão que:

  • Pertence à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa da família seja maior que meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Tem emprego formal;
  • Está recebendo seguro desemprego;
  • Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
  • Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

>> Auxílio emergencial: Prazo para solicitar benefício acaba em duas semanas

>> Auxílio emergencial: Cerca de 2,7 milhões de pessoas estão em análise

Mais informações

O Caminhão-Agência é mais um canal que a CAIXA disponibiliza aos beneficiários do Auxílio Emergencial. Vale ressaltar que os cidadãos têm à disposição o site auxilio.caixa.gov.br, o app CAIXA Tem, utilizado para movimentação e saque dos beneficiários que não possuíam conta ou não eram do Programa Bolsa Família, o App CAIXA Auxílio Emergencial, a central 111 e o site do Ministério da Cidadania para informações sobre o benefício.

>> Teve o auxílio emergencial negado? Defensoria Pública poderá ajudar

>> Mãe enfrenta problema de saúde, perde auxílio do governo e faz apelo para cuidar da filha com deficiência intelectual e epilepsia

>> Prorrogação do auxílio emergencial pode ser vetada por Bolsonaro

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.