Tributos

IMPOSTO DE RENDA 2022: saiba como emitir o extrato INSS


O extrato INSS é um documento essencial para a declaração do Imposto de Renda dos aposentados e pensionistas; saiba como emitir

Fernanda Cysneiros
Fernanda Cysneiros
Publicado em 17/02/2022 às 9:01
Notícia
Reprodução/Internet
O aplicativo Meu INSS pode ser utilizado para emitir o extrato. - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Apesar da temporada de declaração do Imposto de Renda só começar em março, é de suma importância que todos os documentos sejam separados com antecedência para evitar complicações. 

Vale ressaltar que ser um dos primeiros a fazer a declaração ajuda a agilizar o recebimento da restituição.

O que é o extrato INSS para Imposto de Renda? 

O informe de rendimentos do INSS é um dos principais documentos que auxiliam na declaração do Imposto de Renda de aposentados, pensionistas e demais pessoas que receberam algum benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O extrato apresenta o saldo dos rendimentos recebidos durante o ano de 2021 e deve ser utilizado para a Declaração Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF). 

Quem precisa fazer a declaração? 

Todos os cidadãos que somaram, no ano de 2021, rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 ou aqueles que receberam R$40 mil em rendimentos isentos, precisam declarar o Imposto de Renda 2022

Como emitir o extrato INSS para o Imposto de Renda? 

A emissão do documento pode ser feita digitalmente através do cadastro no site Meu INSS ou pelo aplicativo de mesmo nome, disponível para download em smartphones com sistema operacional Android ou IOS. 

Após efetuar o login no site ou aplicativo, o extrato pode ser obtido gratuitamente na opção "Extrato de Imposto de Renda".  

Como declarar o extrato INSS no Imposto de Renda? 

Os rendimentos do INSS devem ser declarados na ficha "Rendimentos Tributáveis Recebidos de PJ". Entretanto, vale ressaltar que os aposentados com 65 anos ou mais possuem uma isenção de R$ 1.903,98 por mês, ou 22.847,76 ao ano, referente a esse rendimento.

Além disso, outros grupos também estão isentos, a saber, os proventos de aposentadoria ou reforma motivada por acidente em serviço, observados por portadores de doenças graves.

Esses, precisam declarar o Imposto de Renda na ficha "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis".

Demais informações estão disponíveis no informe de rendimentos do INSS, o que inclui as parcelas isentas e tributáveis do benefício.

Comentários

Mais Lidas