Assassinato

Tristeza e revolta marcam velório de homem morto após briga em trânsito


O crime aconteceu na tarde da terça-feira (08), em Olinda

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 09/10/2019 às 19:37
Marcos Spiga/TV Jornal
FOTO: Marcos Spiga/TV Jornal
Leitura:

Dor e revolta. Esses dois sentimentos estão presentes em familiares e amigos de José Douglas de Castro Costa, de 31 anos, durante o enterro no Cemitério de Santo Amaro, nesta quarta-feira (09). O montador de móveis foi morto a tiros depois de uma briga na Avenida Pan Nordestina, em Olinda. Ele discutiu no trânsito com um homem que estava em um carro branco.

Um parente da vítima, que pediu para não ser identificado, informou que há cerca de 4 meses José Douglas teria se envolvido em uma outra briga de trânsito e chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre essa discussão.

Homenagem

No sepultamento, familiares e amigos homenagearam a vítima com palmas. José Douglas, deixou a esposa e um filho de apenas 3 anos. Os parentes agora pedem por justiça.

Câmeras

A família deve entregar a polícia as imagens que teriam sido gravadas pela câmera que estava no capacete da vítima fatal e que estão armazenadas no celular. Os familiares contaram que ainda não conseguiu ver as imagens porque o celular está bloqueado.

Investigação

A Polícia Civil já conseguiu o vídeo de uma concessionária de veículos, próxima ao local do crime, e vai verificar as imagens.