INVESTIGAçãO

Empresário morre com suspeita de infecção após comer ostras

Infectologista faz alertas sobre o consumo do crustáceo

Empresário morre com suspeita de infecção após comer ostras

O homem estava internado em um hospital particular no Recife - Foto: Fábio Costa/TV Jornal

Com informações de Mário Oliveira

Um empresário morreu, nesta quinta-feira (26), depois de ficar cerca de 10 dias internado com suspeita de ter uma infecção intestinal após consumir ostras. A bactéria teria causado uma infecção intestinal, que evoluiu para um quadro de infecção generalizada e o paciente não resistiu.  A vítima estava internada em um hospital particular no Recife. 

''A informação é que ele consumiu ostras cruas há 13 dias. Daí em diante, ficamos sabendo que ele foi internado, mas tardiamente. Ainda não existia a confirmação, até a hora que a gente soube do falecimento dele'', disse o cirurgião e amigo da vítima, Genildo Machado.

 

>>>Governo diz que pescado em Pernambuco está seguro para consumo<<<

 

O caso

A vítima tinha 60 anos de idade e trabalhava no ramo de transporte de carga. Ele teria dado entrada um hospital particular no dia 17 de dezembro com febre, diarreia e dores no abdômen. O quadro de saúde acabou agravando e o empresário morreu após falência múltipla dos órgãos.

Cuidado

O Infectologista Felipe Prohaska afirmou que é comum as pessoas apresentarem sinais de intoxicação ao ingerir ostras. ainda de acordo com o médico, não é indicado consumir o crustáceo sem saber a procedência do produto.

Nota da Secretaria de Saúde

A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife recebeu, no dia 25, por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs Recife), notificação de caso por intoxicação após o consumo de ostras. Hoje (26), a Sesau recebeu notificação do óbito suspeito por intoxicação exógena.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.