confusão

Moradores denunciam agressões de guardas municipais durante protesto na Prefeitura de Recife


A confusão aconteceu na tarde desta quinta-feira (17) em frente à Prefeitura de Recife

Com informações de Mônica Ermírio
Com informações de Mônica Ermírio
Publicado em 17/09/2020 às 19:29
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

Os moradores de cinco comunidades do Recife que reivindicam moradia entraram em confronto com guardas municipais, nesta quinta-feira (17), em frente à prefeitura da capital pernambucana. De acordo com os manifestantes, várias pessoas foram agredidas pelos guardas que faziam a segurança do prédio da Prefeitura de Recife. Na confusão, uma pessoa foi detida e presta depoimento na Central de Plantões na Capital.

A mãe do rapaz detido, uma senhora de 72 anos, foi até a Central de Plantões na Capital e estava muito nervosa, enquanto aguardava notícias do filho.

Nota da Prefeitura do Recife na íntegra

A Prefeitura do Recife informa que colocou representantes do poder público municipal à disposição do Movimento de Luta e Resistência Pelo Teto para o diálogo na tarde desta quinta (17). No entanto, o Movimento optou por não formar comissão, nem apresentou nenhuma demanda. A Prefeitura segue aberta para receber todos os movimentos organizados da sociedade.

Nota da Secretaria da Casa Civil de Pernambuco

A Secretaria da Casa Civil de Pernambuco informa que representantes do movimento de luta por moradia foram recebidos nesta quinta-feira (17), no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário-executivo de Articulação e Acompanhamento, Eduardo Figueiredo, e pelo presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Bruno Lisboa. Na ocasião, foram esclarecidas dúvidas e pendências com relação ao auxílio moradia concedido a famílias. Também foi agendada uma reunião, na próxima segunda-feira (21), na sede da Cehab, no bairro de Campo Grande, para resolução de pendências na documentação dos beneficiários.