AUXíLIO EMERGENCIAL

Auxílio Emergencial: saque da 2ª parcela para cadastrados no site e app começa sábado

O saque do Auxílio Emergencial começa neste sábado para 2,6 milhões de pessoas nascidas em janeiro. O recurso já foi antecipado para uso digital no CAIXA Tem

Auxílio Emergencial: saque da 2ª parcela para cadastrados no site e app começa sábado

Caixa paga auxílio emergencial - Foto: Filipe Jordão / JC Imagem

A Caixa Econômica federal começa a fazer, neste sábado (30), o pagamento em espécie da segunda parcela do auxílio emergencial para os beneficiários que receberam a primeira parcela até o dia 30 de abril e fizeram o cadastro por meio do site www.auxilio.caixa.gov ou pelo aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial. Em época de pandemia do novo coronavírus, o auxílio emergencial está sendo pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

Para evitar aglomeração e filas, a Caixa vai abrir 2.213 agências em todo o país das 8h às 12h para atendimento exclusivo do Auxílio Emergencial. 

Além disso, a Caixa organizou os saques em um calendário que leva em conta o mês do aniversário do beneficiário do auxílio emergencial. Neste sábado (30), apenas os 2,6 milhões de beneficiários nascidos em janeiro poderão fazer o saque. Essa regra vale também para quem indicou contas de outros bancos para receber a ajuda. O calendário segue dessa forma, confira abaixo:

  • 30 de maio (sábado): Nascidos em janeiro
  • 1º de junho (segunda-feira): Nascidos em fevereiro
  • 2 de junho (terça-feira): Nascidos em março
  • 3 de junho (quarta-feira): Nascidos em abril
  • 4 de junho (quinta-feira): Nascidos em maio
  • 5 de junho (sexta-feira): Nascidos em junho
  • 6 de junho (sábado): Nascidos em julho
  • 8 de junho (segunda-feira): Nascidos em agosto
  • 9 de junho (terça-feira): Nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira): Nascidos em outubro
  • 12 de junho (sexta-feira): Nascidos em novembro
  • 13 de junho (sábado): Nascidos em dezembro

Outros bancos

Para os beneficiários do auxílio emergencial que indicaram contas de outros bancos ou para aqueles que possuem poupança na Caixa, os recursos serão transferidos automaticamente da poupança social. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem tem relacionamento, caso queiram sacar. Mais de 50 bancos participam da operação de pagamento do Auxílio Emergencial.

Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber a segunda parcela no dia 18 de maio, de acordo com o número do NIS. E os cadastrados no app ou no site tiveram o recurso antecipado para uso digital no aplicativo CAIXA Tem.

Não é necessário madrugar nas filas

Em nota, a Caixa Econômica reforçou que não é preciso madrugar nas filas. Segundo a Caixa, todas as pessoas que chegarem nas agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 12h, serão atendidas. Elas vão receber senhas e, mesmo com as unidades fechando às 12h, o atendimento continua até o último cliente.

O banco fechou parceria com cerca de 1.200 prefeituras em todo o país para reforçar a organização das filas e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Cartão de débito virtual CAIXA

O beneficiário do auxílio emergencial não precisa sacar o auxílio para transacionar o dinheiro. O aplicativo CAIXA Tem possibilita que o cidadão faça transferências bancárias e ainda pague contas, como água, luz e telefone, por exemplo. 

Além disso, o app disponibiliza gratuitamente o cartão de débito virtual Caixa. Com ele, é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. O cartão também é aceito em diversas lojas físicas.

>> Auxílio emergencial: saiba como usar cartão virtual em mercados, lojas e conta da Celpe

Para utilizá-lo, o beneficiário precisa gerá-lo. Para isso, o primeiro passo é atualizar o Caixa Tem. Depois, entre no aplicativo e acesse o ícone Cartão de Débito Virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do Caixa Tem. Em seguida, irá aparecer os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. Pronto. O cartão está disponível.

>> Auxílio Emergencial: compras em lojas físicas podem ser pagas via app; Veja como funciona

O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código. Até a última segunda-feira (25), foram movimentados R$ 719,2 milhões pelo cartão de débito virtual Caixa.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.