Aumento no preço

Petrobras aumenta preço da gasolina, e reajuste já é visto no Grande Recife


A TV Jornal circulou pelo Grande Recife para conferir o valor da gasolina nas bombas. Confira preços da gasolina na Região Metropolitana do Recife

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 09/06/2020 às 10:10
Bruno Campos - JC Imagem
FOTO: Bruno Campos - JC Imagem
Leitura:

A Petrobras aumentou os preços médios da gasolina em suas refinarias em 10% a partir desta terça-feira (9), segundo anúncio da companhia. Na manhã desta terça, a TV Jornal circulou por bairros do Grande Recife e encontrou postos de combustíveis que já estavam com preços mais altos nas bombas.

No bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife, por exemplo, o litro da gasolina comum passou de R$ 3,59 para R$ 3,79, R$ 0,20 a mais. O reajuste pegou de surpresa os consumidores, que afirmam que o reajuste vai fazer diferença no orçamento.

Em outro posto, na mesma região, a gasolina comum, que antes custava R$ 3,59, agora está saindo por R$ 3,68, o litro.

>> Petrobras sobe pela 2º vez gasolina em maio, mas preço reduziu em 2020

>> Isolamento por causa do coronavírus provoca queda no preço da gasolina

>> Avanço do coronavírus afeta preço da gasolina; veja situação no Recife

Preço antigo

No início da manhã desta terça-feira (9), ainda foi possível encontrar postos de combustíveis onde o preço da gasolina não tinha sofrido reajuste. Em um estabelecimento localizado no Varadouro, em Olinda, Grande Recife, a gasolina comum ainda marcava R$ 3,89 o litro.

Histórico de aumentos

Esse foi o 5º reajuste anunciado pela Petrobras, só este ano. Desta vez, a estatal divulgou o aumento de 10% no preço médio da gasolina, nas refinarias.

Ainda de acordo a Petrobras, apesar dos aumentos consecutivos, o preço do combustível acumula uma queda de 24%, no ano.

Coronavírus

Há menos de um mês, com o isolamento social e o número reduzido de veículos circulando pelas ruas, o que se viu foi um cenário bem diferente do atual: uma queda no valor dos preços dos combustíveis nas bombas.