INSS

Com atendimento presencial suspenso, beneficiários do INSS sofrem com espera

A reabertura das agências está prevista para o dia 14 de setembro

Com atendimento presencial suspenso, beneficiários do INSS sofrem com espera

Segundo o aposentado, o que tem lhe dificultado é ficar sem provar que está vivo e voltar a receber o pagamento - Foto: Beto DLC/TV Jornal

Diante da suspensão do atendimento presencial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por cinco meses por causa da pandemia do novo coronavírus, muitos beneficiários tem se preocupado para resolver diversas questões. É o caso do aposentado Severino Ferreira, de 59 anos, que há quatro anos recebia aposentadoria pelo trabalho da vida inteira como vigilante, mas quando foi receber o benefício de julho um susto: ele havia sido suspenso por motivo de óbito.

De acordo com o aposentado, o que tem lhe dificultado é ficar sem provar que está vivo e voltar a receber o pagamento.

>>INSS adia mais uma vez prazo para retorno do atendimento presencial

Urnas

Por conta da pandemia, o INSS disponibilizou urnas para coletar documentação de forma segura e lançou um projeto piloto para realizar a prova de vida virtual. Mas essas iniciativas não tem sido suficientes para atender a grande demanda da população.

Benefícios

O advogado João Varella citou os benefícios que estão sendo mais prejudicados neste período. Confira:

 

Reabertura

É o sétimo adiamento na data do retorno das atividades. Agora, a reabertura das agências está prevista para o dia 14 de setembro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.