COVID-19

Pessoas com comorbidades devem ir a serviços de saúde comprovar doença para receber vacina contra covid-19, em Pernambuco

Vacinação das pessoas com comorbidades contra covid-19 avançará por faixa etária

Pessoas com comorbidades devem ir a serviços de saúde comprovar doença para receber vacina contra covid-19, em Pernambuco

Em Pernambuco, pessoas com comorbidades devem ir a serviços de saúde comprovar doença para receber vacina contra covid-19 - Foto: Reprodução/Prefeitura de Caruaru

Com informações de Cinthya Leite, do JC Online

O Estado de Pernambuco e os representantes dos municípios estabeleceram como será a comprovação das comorbidades durante a campanha de vacinação contra a covid-19. Esse grupo é o próximo a ser beneficiado pela imunização, assim que houver doses suficientes.

>> Em Pernambuco, pessoas com comorbidades devem ir a serviços de saúde comprovar doença para receber vacina contra covid-19

>> Igarassu suspende temporariamente vacinação contra covid-19

 

Formulário

Em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), entre representantes estaduais e gestores municipais, nessa segunda-feira (26), ficou decidido que as pessoas com doenças preexistentes contempladas com a vacinação deverão atestar seu quadro em algum serviço de saúde.

Um formulário padrão será disponibilizado para que esse atestado possa ser apresentado no ato da vacinação, prevista para começar em maio, a depender da disponibilidade de doses do imunizante pelo Ministério da Saúde (MS), responsável pela aquisição e envio aos Estados.

Faixas etárias

Foi acordado que essa vacinação avançará por faixa etária, começando com aqueles de 55 a 59 anos, e decrescendo, a partir da chegada das vacinas, até chegar aos 18 anos. As exceções serão as pessoas que fazem hemodiálise e com síndrome de Down, por recomendação do Ministério da Saúde, e as pessoas que vivem com HIV, transplantadas e com obesidade mórbida, por pactuação na CIB, que poderão ser vacinadas independentemente da idade, já no primeiro momento.

O imunizante é voltado apenas para o público a partir dos 18 anos - ou seja, crianças e adolescentes até os 17 anos não são contemplados.

Comorbidades

As comorbidades elencadas na campanha de vacinação contra a covid-19 são:

  • diabetes mellitus;
  • pneumopatias crônicas graves;
  • hipertensão arterial resistente (nos estágios 1, 2 e 3 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade);
  • insuficiência cardíaca (ic);
  • cor-pulmonale e hipertensão pulmonar;
  • cardiopatia hipertensiva;
  • síndromes coronarianas;
  • valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias;
  • doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
  • arritmias cardíacas;
  • cardiopatias congênita no adulto;
  • próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • doença cerebrovascular;
  • doença renal crônica;
  • imunossuprimidos;
  • anemia falciforme;
  • obesidade mórbida;
  • síndrome de Down;
  • cirrose hepática.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.