Vacinação

Quem tomou a primeira dose com a vacina Astrazeneca pode tomar segunda dose com Pfizer?


A Prefeitura do Recife liberou que pessoas que tomaram a primeira dose da vacina com Astrazeneca possam tomar a segunda dose com Pfizer

Caterine Costa de Oliveira
Caterine Costa de Oliveira
Publicado em 25/11/2021 às 12:30
Foto: Edmilson Tanaka
FOTO: Foto: Edmilson Tanaka
Leitura:

A partir desta quinta-feira (25), a Prefeitura do Recife está oferecendo a vacina da Pfizer como opção de segunda dose para a população que tomou a primeira dose com Astrazeneca.

É importante lembrar que o intervalo entre as doses, permanece o mesmo de 60 dias entre uma e outra.

Aos interessados que ainda não completaram o esquema vacinal, o agendamento já está disponível no Conecta Recife e nesta sexta-feira (26) já pode se vacinar.

Com essa mudança, diversas dúvidas podem surgir na população. A secretária de planejamento e saúde do Recife, Iluska Reis, esclarece algumas questões.

Ela explica que hoje no Recife existem mais de 70 mil pessoas em atraso para realizar a segunda dose. E a Prefeitura faz esse apelo, pois apenas a primeira dose não é suficiente para garantir uma imunização efetiva contra a Covid-19.

Qual o motivo da mudança?

De acordo com a secretária, já houveram estudos que apontam uma resposta positiva e uma boa eficácia nessa combinação de vacinas.

Ela esclarece que atualmente o Recife tem doses suficientes para garantir essa ampliação para a população que fez a primeira dose com Astrazeneca.

"Em torno de 29 mil pessoas hoje já estão aptas a realizar a sua segunda dose", contou.

Existe algum grupo prioritário?

A secretária explica que não há nenhuma contra indicações. "Todas as pessoas que estão aptas podem realizar a segunda dose com a Pfizer, caso façam essa opção. Isso inclui gestantes", explicou.

Segundo Iluska, essa é a uma liberação que está aprovada pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Vai existir reações?

"O normal é que ocorra reações leves: febre, dor de cabeça, algum calafrio. São reações esperadas e normais de um processo de imunização", explicou a secretária.

Vale salientar que caso os sintomas se prolonguem, é recomendado procurar um serviço de saúde.

Onde está disponível essa vacina?

De acordo com Iluska Reis, todos os pontos de vacinação do Recife possuem todos os imunizantes.

Ao chegar no local, a pessoa terá a opção de seguir o esquema com a própria Astrazeneca ou tem a alternativa de receber a dose da Pfizer.

Fica disponível no carro da vacinação?

"O carro de vacinação ele dispõe de todas as vacinas para que a gente possa comtemplar todas as segunda doses de quem fez sua primeira dose com qualquer um dos tipos de vacina", explicou a secretária.