Moradores denunciam cratera aberta em São Lourenço da Mata


Uma cratera aberta tem gerado diversos problemas para os moradores do bairro de Várzea Fria, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. Segundo a população, o buraco foi aberto pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e não foi fechado. O repórter Michael Carvalho foi até o local conferir o problema. Veja! Resposta Em nota, a Compesa informou que foi realizado um serviço de manutenção na rede de abastecimento de água (conserto de vazamento), na última sexta-feira, na Avenida Assembleia de Deus, no bairro de Várzea Fria. Porém, durante a execução dos trabalhos, um trecho de tubulação da rede de galeria de águas pluviais (drenagem) foi danificada e será reconstruída pela Compesa. Segundo a companhia, uma empresa foi contratada para fazer a recuperação da galeria. A previsão é iniciar os trabalhos nesta terça-feira (2) com previsão de término para 15 dias. A Compesa adiantou ainda que, ao finalizar o conserto do vazamento, fez o reaterro de um trecho da vala. O outro que ficou aberto, em função da necessidade de recuperação da galeria, encontra-se sinalizado. "Quanto à queixa sobre o comprometimento da estrutura de uma residência, mercadinho e lanchonete, a Compesa esclarece que desconhece o fato. Os técnicos já realizaram vistoria nos imóveis localizados em frente a vala (local da obra) e não identificaram danos aos imóveis visitados. Uma nova equipe será enviada ao local para vistoriar os imóveis citados pela reportagem", finalizou a Compesa em nota.