Com revolta e gritos de justiça, maquiador é enterrado em Moreno


O cortejo do corpo do maquiador Henrique Antônio Alves de Deus, de 24 anos, comoveu a cidade de Moreno, na Região Metropolitana do Recife. Familiares e amigos lotaram as ruas e percorreram pouco mais de dois quilômetros para prestarem homenagens no enterro do jovem, nesta quarta (22), no Cemitério Público Morada das Verdes Colinas, em Moreno. Durante o percurso, o sentimento de revolta e pedidos por justiça estavam presentes.

PALAVRA CHAVE