Violência contra mulher cresce durante isolamento social em Olinda

Publicado em 12/05/2020 às 19:53
Leitura:
Em meio ao caos da pandemia do novo coronavírus, um outro transtorno que preocupa nesse período de isolamento social é a violência contra à mulher. Segundo levantamento do Centro Especializado de Atendimento à Mulher Márcia Drangremon (Ceam), localizado em Olinda, no Grande Recife, 30% no número de novos casos de violência doméstica, entre os meses de março e abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, foram registrados.

+VÍDEOS