"Procedimento foi legal", relata vice-presidente da OAB-PE sobre aborto em menina de 10 anos


A vice-presidente da OAB de Pernambuco, Ingrid Zanella, falou sobre o procedimento de interrupção da gestação realizado por uma menina de 10 anos que engravidou após ter sido estuprada pelo tio, no estado do Espírito Santo. Segundo a vice presidente, todo trâmite para a realização do procedimento está dentro da legalidade exigida pela justiça.

PALAVRA CHAVE