Diversos problemas na orla das praias de Jaboatão dos Guararapes


Um cenário de depredação e também de descuido do poder público é visto na da orla de Jaboatão dos Guararapes que, ao longo dos oito quilômetros, acumula diversos problemas. O Corpo de Bombeiros está fazendo o levantamento de quantas terão que ser substituídas, para iniciar uma licitação. Nota do CEMIT na íntegra O Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (CEMIT) informa que está tomando providências necessárias junto à empresa contratada para confeccionar as placas de alerta dispostas ao longo das praias, pois uma vistoria do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) constatou que algumas placas estão descolorindo antes do prazo de garantia dado pela empresa. Além disso, o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) está concluindo um levantamento do estado físico das placas para iniciar licitação para aquisição de novas. É importante ressaltar que, muitas vezes, é a ação de vândalos que danifica as placas, essenciais para a prevenção de incidentes com tubarões no litoral pernambucano. O CEMIT e as forças de segurança pública do Estado contam com a colaboração de toda a sociedade para que esse material se mantenha útil aos frequentadores das praias e continue a salvar vidas.

PALAVRA CHAVE