ESCALPELAMENTO

Caso escalpelamento: Procon afirma que pista de kart não estava regulamentada

A família da vítima de escalpelamento prestou depoimento na Delegacia de Boa Viagem

Caso escalpelamento: Procon afirma que pista de kart não estava regulamentada

O Corpo de Bombeiros e o Procon estiveram no local. - Foto: Reprodução/TV Jornal

O kartódromo, onde, no domingo, a auxiliar de ensino infantil, identificada como Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, teve parte do couro cabeludo arrancado, após o cabelo se soltar do capacete e ficar preso no motor do veículo que ela guiava, estava instalado há pouco mais de um mês no estacionamento de um supermercado, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, foi interditado pelo Procon Estadual, pois, de acordo com a Gerente de Fiscalização do Procon disse que a pista não estava regulamentada e nem oferecia segurança. O local foi interditado.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado pela família da vítima na Delegacia de Boa Viagem. Um cirurgião plástico explica por quais procedimentos a jovem deve passar. Débora foi socorrida pelo namorado e está no Hospital da Restauração, onde passou por cirurgia. De acordo com o tio dela, nenhum funcionário prestou assistência na hora do acidente.

Resposta da empresa

A empresa de kart tem até dez dias para apresentar as documentações necessárias e se defender da interdição. A vítima permanece internada, em estado grave, no hospital da restauração. Em nota, o Walmart disse que apenas cede o espaço para a empresa de kart,. afirmou também que a prioridade, neste momento, é prestar toda a assistência necessária à vítima. As atividades no local seguem suspensas até que as causas do acidente sejam esclarecidas.

Walmart

O Walmart confirma a ocorrência de um acidente na pista de kart instalada no estacionamento de sua loja de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, e informa que sua prioridade, neste momento, é prestar toda a assistência necessária à vítima. Os órgãos competentes já foram notificados e a companhia está à disposição das autoridades. As atividades seguem suspensas até que as causas do acidente sejam esclarecidas. A prioridade número um do Walmart é a saúde e segurança de seus funcionários e clientes.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.