VELóRIO

Homenagens e aplausos marcam o enterro do jornalista Inaldo Sampaio

O jornalista trabalhou durante 22 anos do Jornal do Commercio

Homenagens e aplausos marcam o enterro do jornalista Inaldo Sampaio

O velório e enterro aconteceu no cemitério Morada da Paz - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem

Com informações de Michael Carvalho

As coroas de flores em frente ao velório demonstravam o quanto Inaldo Sampaio de 64 anos era querido. O jornalista, que era colunista de política do Diário de Pernambuco, da Rádio CBN e assessor de imprensa do Tribunal de Contas do Estado (TCE), morreu na madrugada desta segunda-feira (11). A todo momento, familiares, amigos e colegas de profissão chegavam ao cemitério para para se despedir.

O irmão e também jornalista Ivanildo Sampaio agradeceu o apoio e lembrou das virtudes do irmão que tanto amava. Na saída do cortejo, uma multidão acompanhou o caixão. Durante o sepultamento homenagens e aplausos.

Causa da morte

De acordo com os parentes, Inaldo sofreu uma parada cardíaca. Ele chegou a ser socorrido para um hospital particular do Recife, mas não resistiu. O jornalista que também lutava contra o câncer teve passagem por vários veículos de imprensa. Um deles foi o Jornal do Commercio, onde assinou a coluna Pinga-Fogo por 22 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.