Coronavírus

Pernambuco abre centros de testes da covid-19 para profissionais de saúde e de segurança

Familiares dos profissionais também podem fazer os exames, desde que tenham contato domiciliar e apresentem sintomas gripais

Com informações da repórter  Lílian Fonsêca
Com informações da repórter
 Lílian Fonsêca
Publicado em 27/04/2020 às 18:05
Divulgação/ Governo de Pernambuco
FOTO: Divulgação/ Governo de Pernambuco
Leitura:

Pernambuco abriu dois centros para testagem do novo coronavírus em profissionais de saúde e de segurança. De acordo com a Secretaria de Saúde do Pernambuco, serão realizados 2.500 testes por semana. Os centros que ficam localizados no Centro de Convenções, em Olinda, e no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos, no bairro da Boa Vista, área central do Recife. Inicialmente, serão 60 testagens e coletas por dia. Os resultados deverão sair em até 72 horas.

Como faz para realizar o exame?

Para realizar o exame, o profissional com sintomas da covid-19 precisa de uma solicitação da chefia imediata. Além disso, é necessário fazer o agendamento através dos e-mails: [email protected] ou [email protected].

A Secretaria Executiva de Gestão do trabalho e Educação em Saúde de Pernambuco explica ainda que os familiares desses profissionais também podem fazer os exames desde que tenham contato domiciliar e apresentem sintomas gripais.

Coronavírus em Pernambuco

Nesta segunda-feira (27), Pernambuco confirmou 460 casos novos da Covid-19, sendo 203 casos que se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), quando os pacientes foram internados e/ou tiveram quadros mais graves, além de outros 257 casos leves (profissionais de saúde e segurança, além dos seus contatos e pacientes ambulatoriais da rede privada). Agora, o Estado totaliza 5.358 casos confirmados (3.688 casos graves e 1.670 casos leves). Também foram confirmados laboratorialmente 35 óbitos. Com isso, o Estado totaliza 450 mortes pela Covid-19.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

+VÍDEOS