investigação

Vídeos mostram possível registro do abandono do bebê recém-nascido no Sítio Histórico de Olinda

O bebê recém-nascido foi encontrado por um ambulante que seguia para o trabalho e ouviu o choro da criança

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 10/11/2021 às 16:20
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A produção do Por Aqui, da TV Jornal, conseguiu imagens de câmeras de segurança que registram o momento de um homem caminhando possivelmente com o bebê recém-nascido que foi abandonado no Sítio Histórico de Olinda e encontrado entre as ruas São Francisco e Bispo Coutinho por um vendedor ambulante no dia 02 de novembro. A repórter Suelen Brainer percorreu o mesmo trajeto feito no dia do crime. Confira a reportagem e relembre o caso.

O bebê está internado no Hospital Tricentenário. De acordo com a apuração do Por Aqui, segue sem previsão de alta, mas está bem de saúde. Apesar de aparecerem alguns parentes, o destino da criança após sair do hospital segue indefinido, aguardando uma decisão da justiça. A conselheira tutelar, Claudia Moura, acompanha a situação.

> Bebê recém-nascido encontrado dentro de sacola em Olinda está com infecção, diz médica

Segundo ela, ainda não há como comprovar o grau de parentesco pois o caso ainda é muito recente. "Nós fizemos a oitiva deles, vamos agora encaminhar para o Ministério Público e a Vara da Infância para deixar sob responsabilidade deles essa decisão", explicou a coordenadora. A conselheira acrescentou que para confirmação das informações, possivelmente, será necessário a realização de um exame de DNA

Infecção

A médica que atendeu o bebê recém-nascido abandonado confirmou, em entrevista ao programa O Povo na TV, no último dia 03 de novembro, que a criança não nasceu prematura, mas teve uma infecção confirmada após a realização de exames. Ainda segundo a médica, o bebê segue em evolução e está com quase três quilos. Veja o vídeo abaixo.

> Bebê abandonado em Olinda: ligação de suposto parente e pais que não queriam criar criança

''O estado (de saúde) dele é estável. Já saíram o resultados dos exames e deram infeccioso. Vai ser começado o tratamento. Pode ter sido na hora do parto, mas pode ter sido também pela fato da mãe não ter feito pré-natal. Não temos como saber, no momento. O importante é tratar. Normalmente, o tratamento dura 10 dias'', informou a médica.

+VÍDEOS