POLÍCIA

Motorista de aplicativo é atingido com 9 facadas por adolescentes em tentativa de latrocínio na Zona Sul do Recife

Os adolescentes, entre eles uma garota, obrigaram o motorista a dirigir enquanto o agrediam

Fernanda Cysneiros
Fernanda Cysneiros
Publicado em 14/06/2022 às 8:40 | Atualizado em 14/06/2022 às 8:52
Notícia
Artur Borba/TV Jornal
Motorista de aplicativo sofre tentativa de latrocínio no Recife - FOTO: Artur Borba/TV Jornal
Leitura:

Um motorista de aplicativo de 27 anos foi vítima de uma tentativa de latrocínio na última segunda-feira (13) na Zona Sul do Recife - quando há roubo seguido de morte. 

Artur Borba/ TV Jornal
Motorista de aplicativo sofre tentativa de latrocínio no Recife - Artur Borba/ TV Jornal

Sem se identificar, o jovem contou que havia aceitado uma corrida de quatro adolescentes, entre eles uma garota, no bairro de Boa Viagem.

O destino final era o bairro do Ibura, mas assim que embarcaram, os suspeitos anunciaram o assalto

No trajeto, os adolescentes obrigaram o motorista a seguir, por aproximadamente 30 minutos, para o Cabo de Santo Agostinho - litoral Sul de Pernambuco.

Enquanto o motorista acelerava o veículo, os adolescentes o agrediam

O jovem foi espancado e sofreu diversas agressões pelo corpo, além de ter sido atingido por 9 golpes de faca.

"Quando eu estava na Avenida Recife, eles anunciaram o assalto e começaram a me espancar. Eu levei murros no rosto enquanto", contou.

"Eles pediam dinheiro a toda hora. Eu mostrei que não tinha, que era minha primeira corrida. Mas eles disseram: 'Você vai ligar para alguém e pedir R$ 4 mil, porque é R$ 1 mil para cada um'", disse.  

Ao chegar na BR-101, a vítima entrou em uma estrada de barro, e o carro ficou preso na lama.

Artur Borba/ TV Jornal
Motorista de aplicativo sofre tentativa de latrocínio no Recife - Artur Borba/ TV Jornal

Neste momento, o motorista conseguiu fugir e pediu ajuda a um motociclista, que acionou a Polícia.

Quando os policiais chegaram ao local, os adolescentes estavam tentando empurrar o carro para fugir.

Em seguida, os quatro suspeitos foram apreendidos e encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).