PRAIA

Obra na praia de barra de jangada em área de tartarugas gera polêmica

Grupos de defesa do meio ambiente denunciam que a construção pode trazer riscos às tartarugas que desovam na área.

Obra na praia de barra de jangada em área de tartarugas gera polêmica

A Prefeitura alega que via é continuação da Avenida Bernardo Vieira de Melo e que se trata de uma pista provisória - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Uma obra da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, na praia de Barra de Jangada, está gerando polêmica. Se trata da construção de uma estrada em cima da faixa de areia. Grupos de defesa do meio ambiente denunciam que a construção pode trazer riscos à natureza. 

O principal argumento é de que o novo acesso para os carros está justamente em uma área de desova de tartarugas marinhas. Os materiais de construção já estão espalhados na areia. De acordo com os moradores, a avenida vai ser estendida em cima da praia de Barra de Jangada, no trecho que fica próximo à praia do amor.

Assista na reportagem

Resposta da prefeitura de Jaboatão

O argumento utilizado por Ronaldo é o mesmo dado pela Secretaria de Meio Ambiente de Jaboatão dos Guararapes, quando questionada pela reportagem sobre o perigo que a via representa às tartarugas. "Esta área (da nova pista) está no nosso cadastro como a continuação da Avenida Bernardo Vieira de Melo. Inclusive, já havia sido pedido para a gente retirasse da área a placa, porque é um terreno privado. A gente colocou próximo à avenida antigamente, para dar mais visibilidade de que ali havia desova das tartarugas. O local onde acontece a desova é mais perto do mar, onde está a primeira placa. A pista é provisória e não afetará as tartarugas", garantiu o secretário de meio ambiente do município, Isaac Azoubel.

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes se pronunciou por meio de uma nota. Nela, a gestão municipal explica que se trata de uma área onde há tráfico de drogas, assaltos e exploração da prostituição infantil e que, por isto, foi realizado o acesso à praia "para que viaturas policiais possam circular e, dessa forma, inibir a criminalidade". Apesar do que disse o órgão, a reportagem do JC esteve no local, na manhã desta segunda-feira (13), e flagrou outros veículos utilizando a nova via. A prefeitura, também na nota, acrescentou que o trecho não será asfaltado e que "a gestão municipal tem total compromisso com o meio ambiente".

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.