INVESTIGAçãO

TRF nega pedido de Habeas Corpus do secretário de saúde do Recife, Jaílson Correia

Investigação dos 500 respiradores continua na Polícia Federal

TRF nega pedido de Habeas Corpus do secretário de saúde do Recife, Jaílson Correia

Investigação dos 500 respiradores continua na Polícia Federal - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 5º Região decidiram, por unanimidade, negar o pedido de Habeas Corpus do secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia. Se eles tivessem aceito, a investigação sairia da Polícia Federal e iria ter continuidade pela Polícia Civil de Pernambuco.

Relembre o caso

A compra dos 500 respiradores foi feita com dispensa de licitação a uma empresa com experiência apenas na área veterinária. Segundo as investigações, houve irregularidades mas depois da denúncia do Ministério Público de Contas, o dinheiro foi devolvido. Um total que passa de R$ 1 milhão. Esses respiradores foram comprados para os hospitais de campanha, com dinheiro do SUS, segundo o Ministério Público Federal. Mas a prefeitura alega que foi com recursos do município e por isso quer a investigação em âmbito estadual.

De toda forma, continua em esfera federal. O MPF também propôs uma ação pública para que a prefeitura e a empresa contratada paguem R$ 1,5 milhão em multa por danos ao erário. Mas, a juíza da 5º vara da Justiça Federal negou esse pedido.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.