SAúDE

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo é prorrogada no Recife

Campanha segue até o dia 13 de outubro

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo é prorrogada no Recife

Campanha segue até o dia 13 de outubro - Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

A Campanha Nacional de Vacincação contra poliomelite e sarampo foi prorrogada no Recife. Ao todo, nove postos de saúde vão funcionar em horário especial, das 8h às 21h, para vacinar a população. Os alvos são crianças de 1 ano a menores de 5 para doses contra a pólio, adolescentes menores de 15 anos que precisam atualizar a caderneta de vacinação e maiores de 20 até 49 anos que não se vacinaram contra o sarampo.

Hoje, estão abertas até as 21h a Policlínica Albert Sabin, no bairro da Tamarineira, a Policlínica Gouveia de Barros, na Boa Vista, e o Centro de Saúde Joaquim Cavalcante, que fica no bairro dos Torrões.

>>Dia D de vacinação acontece neste sábado (17); veja como e onde se vacinar

A campanha de vacinação segue até o dia 13 de outubro.

Lista

 A lista completa com todas as unidades de saúde está disponível no site da Prefeitura do Recife.

Sarampo

O sarampo é uma doença infectocontagiosa transmitida por meio de secreções das vias respiratórias, como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. Os sintomas começam a se manifestar entre dez e 12 dias depois do contágio e duram entre sete a dez dias, podendo levar à morte. A vacina contra o sarampo é eficaz na prevenção da doença.

Poliomelite

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia de início súbito. A transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de pessoas infectadas, ou pela via oral-oral, por meio de gotículas de secreções expelidas ao falar, tossir ou espirrar.

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989 e, desde 1990, não são registrados casos da doença, que é grave e foi responsável por danos irreversíveis para milhares de crianças no mundo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.