ACIDENTE

Revolta e comoção marcam enterro de adolescente atropelado por motorista supostamente alcoolizado em Goiana


'Fazia um mês que ele tinha comprado essa bicicleta, que ele batalhou. E esse ser humano, que para mim ele não é ser humano, bateu no meu sobrinho, alcoolizado', desabafou um tio do adolescente

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 26/04/2021 às 11:04
Tião Siqueira/TV Jornal
FOTO: Tião Siqueira/TV Jornal
Leitura:

O corpo de um adolescente, de 16 anos, que morreu após ser atropelado por um carro na PE-75, em Goiana, Zona da Mata de Pernambuco, foi enterrado nesse domingo (25), sob clima de revolta e muita comoção. O caso aconteceu na última sexta-feira (23).

Durante a despedida, centenas de pessoas foram dar o último adeus a Everton Gabriel de Souza. O cortejo passou pelas principais ruas de Goiana, na Região Metropolitana do Recife.

Dor

Segundo o eletricista Jefferson Correia, tio de Everton, o sobrinho era muito querido na comunidade onde morava. "Ele era um rapaz adorável, respeitador, da igreja, todo mundo gostava dele, todo mundo chocado com o que aconteceu, porque ninguém imaginava que isso fosse acontecer com ele, e isso está doendo muito na gente", relatou.

Jefferson disse que o jovem estava indo para a casa da namorada, quando foi surpreendido pelo veículo. "Ele estava indo para a casa da namorada. Fazia um mês que ele tinha comprado essa bicicleta, que ele lutou, batalhou. E daí esse ser humano, que para mim ele não é um ser humano, bateu no meu sobrinho, alcoolizado", relembrou.

O acidente

Segundo a Polícia Civil, o veículo que provocou o acidente era conduzido por um homem que estava sob efeito de bebida alcoólica. Everton Gabriel de Souza não resistiu ao impacto e faleceu na hora. A Polícia Militar informou que o condutor, um homem de 31 anos, tentou fugir, mas foi alcançado por populares. Ele foi preso, autuado em flagrante por homicídio culposo de trânsito, e encaminhado para audiência de custódia. A pena é de dois a quatro anos de prisão. A Polícia Civil de Pernambuco disse que um inquérito foi instaurado para apurar o caso.

>> Policial Militar tropeça em calçada, cai e morre atropelado na Avenida Conde da Boa Vista

Prisão preventiva

De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o suspeito de ter atropelado o adolescente passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. O homem foi encaminhado à unidade prisional de Igarassu.

Nota da Prefeitura de Goiana

Em relação ao problema na cova, que acabou dificultando a entrada do caixão, na hora do sepultamento do corpo do adolescente, a Prefeitura de Goiana, por meio de nota, afirmou que houve um desencontro de informações à respeito da estatura do adolescente e do túmulo, sendo necessário quebrar uma parede para poder realizar o enterro. A Prefeitura também disse que o cemitério dispõe de todas as ferramentas necessárias para fazer sepultamentos.