POLÍCIA

Português suspeito de abusar sexualmente da enteada de 8 anos é preso na praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho

O abuso teria sido praticado no início do ano passado. 


Português suspeito de abusar sexualmente da enteada de 8 anos é preso na praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho

Polícia Federal entrou em ação. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Um homem de 55 anos, natural de Portugal, foi preso pela Polícia Federal (PF), nesta segunda-feira (5), na praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com informações repassadas pela polícia, o português é suspeito de abusar sexualmente de sua enteada, uma menina de apenas 8 anos de idade, e estava escondido em Gaibu.

O suspeito era considerado foragido pela polícia desde maio deste ano, quando a justiça expediu um mandado de prisão pelo crime de estupro. O crime teria sido praticado em janeiro de 2020, quando ele teria ficado com a menina em casa enquanto a mãe dela estava hospitalizada.

Segundo Giovani Santoro, chefe de comunicação da PF, a criança chegou a ficar com transtornos psicológicos por causa dos abusos praticados pelo padrasto, que foi preso por policiais federais e encaminhado ao cotel.

Notícias Policiais TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal no Facebook.

>>>Homem é morto a tiros dentro de casa de amigo em Caruaru, no Agreste do Estado

>>>Troca de tiros deixa PM ferido na cabeça em confronto com grupo armado em Itapissuma, no Grande Recife

>> Polícia investiga denúncia de estupro de menina de 10 anos dentro de prédio em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife

>> Casa de idoso é destruída por incêndio, em Boa Viagem; ele vinha sendo alvo de ameaças e acredita que foi criminoso

>> Prefeito de cidade pernambucana prende homem que tentava invadir casa de vizinha

>> Mandante de crime reza com família das vítimas antes de ser preso em Caruaru

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.