DATAPREV

Auxílio Emergencial: após contestação, 805 mil cadastros terão pagamento

Os cidadãos já podem conferir os resultados dos seus requerimentos de Auxílio Emergencial. Veja como.

Auxílio Emergencial: após contestação, 805 mil cadastros terão pagamento

Desde o início do programa, 150,49 milhões de requerimentos foram processados pela Dataprev. Número representa 99,92% de todos os pedidos feitos - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

Ministério da Cidadania

A Dataprev encaminhou à Caixa mais um lote para pagamento do Auxílio Emergencial, com 805.318 cidadãos considerados elegíveis. São requerimentos analisados após contestação do resultado por parte dos solicitantes.

Esses pedidos fazem parte de um conjunto de 1,84 milhão de solicitações homologadas pelo Ministério da Cidadania na sexta-feira (24).

>> Veja quem recebe auxílio emergencial e qual parcela nesta terça (28)

>> Inscritos no app ou site recebem auxílio emergencial nesta quarta (29)

>> Calendários de todas as parcelas do auxílio emergencial são divulgados

>> Auxílio emergencial: teve conta bloqueada? Atenção aos dias de desbloqueio

 

 

Balanço

Com mais essa entrega, são 66,9 milhões de pessoas beneficiadas pelo programa do Governo Federal, incluindo os três grupos: informais, Bolsa Família e Cadastro Único. O investimento chegou a R$ 134,8 bilhões.

>> Auxílio Emergencial: 51% das pessoas precisam ir as agências da Caixa para desbloquear contas da poupança social

>> Auxílio emergencial: Caixa divulga datas para desbloqueio de contas

>> Inscritos no app ou site: quando será próximo pagamento do auxílio emergencial?

>> Auxílio Emergencial: Inconsistência cadastral pode ser resolvida no app

Novo lote

O lote encaminhado pela Dataprev englobou os pedidos realizados entre 23 de abril e 19 de julho. Os cidadãos que contestaram os resultados dos seus pedidos do Auxílio Emergencial, por meio do aplicativo e do site da Caixa, já podem conferir os resultados dos seus requerimentos no portal de consultas. 

>> Auxílio emergencial: conta bloqueada? Veja se deve e quando pode ir a agência

>> Auxílio emergencial chega à quarta parcela; veja calendários da Caixa

>> Perdeu o direito ao auxílio emergencial? Saiba o motivo e o que fazer

>> Auxílio emergencial: pagamento é dividido em 4 lotes de beneficiários

Inconclusivos

Atualmente, 903.719 pessoas estão com os cadastros classificados como “inconclusivos” nos sistemas e ainda podem complementar as informações pessoais por meio do aplicativo e do portal da Caixa.

Outros 123.007 cadastros estão em processamento pela Dataprev, ou seja, 0,08% de todo o cruzamento de dados realizado. Desde o início do programa, 150.489.558 requerimentos foram processados pela empresa, 99,92% de todos os pedidos.

>> Auxílio emergencial: Documentos para desbloqueio já podem ser enviados

>> Teve o auxílio emergencial bloqueado? Veja como desbloquear sua conta

>> Auxílio Emergencial: Confira orientação da Caixa para desbloqueio de contas

>> Ampliação do prazo do Bolsa Família também afeta o auxílio emergencial

Alcance do benefício

Conforme os registros atualizados pela Dataprev, até o dia 25 de julho, o Auxílio Emergencial chegou de forma direta ou indireta a mais de 126,2 milhões de pessoas. O número representa mais de 59% de toda a população do país, que é de 211,8 milhões de habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para contabilizar o alcance do benefício, a Dataprev verificou os componentes das famílias dos mais de 66,9 milhões de cidadãos elegíveis. Esses familiares somam 59,3 milhões de pessoas e estão distribuídos da forma abaixo:

  • 35.035.803 consideradas inelegíveis – das quais 70% são menores de idade (24.476.222 pessoas);
  • 182.871 com pedido inconclusivo;
  • 24.118.696 indicadas pelos requerentes beneficiados (informais), mas que não solicitaram recursos.

>> Auxílio Emergencial: Veja se você pode ser excluído da quarta parcela

>> Quem recebe R$ 1.200 vai ter valor diferente na quarta parcela do auxílio emergencial?

>> Auxílio emergencial: Quem nasceu em abril e maio tem até sexta-feira (31) para desbloquear poupança social na Caixa

>> Auxílio Emergencial: Confira como comprar e pagar contas no Caixa Tem

Processamento dos cadastros

O cruzamento de dados realizado pela Dataprev é feito com as informações disponíveis – resguardado o sigilo fiscal – de várias bases oficiais. Desse modo, casos de fraude e resultados diferentes do esperado não estão ligados ao trabalho de processamento da empresa. As conclusões dos pedidos dependem:

  1. da veracidade das informações autodeclaradas pelo cidadão;
  2. da abrangência, precisão e atualidade das informações que estão nas bases oficiais.

Coube à Dataprev a utilização das informações constantes nesses registros oficiais para fazer o reconhecimento do benefício – que não inclui o tratamento e o recebimento de dados bancários dos cidadãos. O Ministério da Cidadania define as regras de processamento, contestação e bases oficiais a serem utilizadas e valida os resultados dos cruzamentos executados. Todo o trabalho dos órgãos segue os critérios estabelecidos pela Lei n. 13.982, de 2 de abril de 2020.

>> Advogado explica previsão de resposta para quem não recebeu o auxílio de R$ 600 e pagamento da quarta e quinta parcela

>> Não consegue tirar a carteira de identidade para obter o auxílio de R$ 600? Saiba o motivo e como resolver

 

Balanço

  • Cadastros recebidos (até 2 de julho): 150.612.565
  • Cadastros processados: 150.489.558 (99,92%)
  • Cadastros em processamento: 123.007 (0,08%)
  • Pessoas beneficiadas: 126.273.967
  • Aprovados: 66. 936.597:
  • Grupo 1 (MEIs, CIs e informais): 37.223.376 – (35,4 milhões de famílias)
  • Grupo 2 (Bolsa Família): 19.221.231 – (13,6 milhões de famílias – 95% do Bolsa Família atendido)
  • Grupo 3 (Cadastro Único): 10.491.990 – (8,3 milhões de famílias)

>> Saiba se você pode receber ou será excluído da quarta parcela do auxílio emergencial 

>> Auxílio emergencial: inscritos no aplicativo ou site têm calendário diferente dos beneficiários do Bolsa Família

>> Auxílio Emergencial chega a 80% dos domicílios mais pobres do Brasil

Ainda tenho dúvidas. O que faço?

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.