Investigação

Comitê interestadual busca estratégias para bloquear ''invasão'' de manchas de óleo


O secretário do Meio Ambiente, Antônio Bertotti, citou a dificuldade do governo Bolsonaro em identificar a causa das manchas de óleo

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 17/10/2019 às 20:30
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Os representantes de um comitê interestadual se reuniram, nesta quinta-feira (17), na Capitania dos Portos de Pernambuco, no bairro do Recife, para definir estratégias que possam impedir que as manchas de óleo continuem 'invadindo' o litoral pernambucano. Durante entrevista, o secretário do Meio Ambiente, Antônio Bertotti, citou a dificuldade do governo Bolsonaro em identificar o motivo dos vazamentos e que o Governo de Pernambuco está tentando resolver o problema no Estado.

''A partir desse momento, mesmo que o Governo Federal não tenha identificado a fonte causadora, o que causa grande complexidade, conseguimos mostrar que essas manchas em algum momento chegaria no litoral. Hoje tivemos exito (na retirada das manchas). Esse dano existe e nós temos que trabalhar para melhorar'', disse.

Reforço nas ações

O Governo de Pernambuco vai reforçar as ações preventivas nas praias do Estado, após uma grande quantidade de óleo atingir a praia de Japaratinga, no estado vizinho de Alagoas. ''A gente conseguiu identificar as manchas na divisa de Alagoas com Pernambuco. Nós falamos há muito tempo que a mancha iria para o litoral sul e conseguimos localizar a mancha. Foi mobilizado com boias e mantas para absorver o óleo. Isso evitou que essa mancha se espalhasse mais'', comentou o secretário de Meio Ambiente de Pernambuco, José Bertotti .

>>>Consumidor pode remarcar viagem a praias atingidas por mancha de óleo<<<

Novo sobrevoo

De acordo com o secretário, um novo sobrevoo será feito nesta sexta-feira (16) para uma verificar se existem outros pontos do município de São José da Coroa Grande com manchas de óleo. ''Pernambuco conseguiu hoje e vai dar continuidade amanhã. Foram seis toneladas coletadas. Às 05h30 da manhã está marcado um novo sobrevoo para identificar outras manchas'', informou.