Paralisação

Funcionários dos Correios entram em greve nacional


A categoria é contra a proposta de privatização dos Correios, incluída no plano do Governo Bolsonaro

Gustavo Henrique Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 11/09/2019 às 11:37
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Os funcionários dos Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos entraram em greve por tempo indeterminado em todo o Brasil. Em Pernambuco, todas as 200 agências estão com o atendimento afetado. A greve foi decidida pela categoria durante assembleia realizada na noite dessa terça-feira (10).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores das Empresas dos Correios de Pernambuco (Sintect-PE), a categoria é contra a proposta de privatização da estatal, incluída no programa de privatizações do Governo Bolsonaro, e a favor da manutenção do acordo coletivo.

>>>Após fala de Bolsonaro, família Santa Cruz tenta reabrir investigações

>>>Bolsonaro muda decreto e libera queimadas fora da Amazônia Legal

Confira a reportagem

Atendimento

Segundo funcionários da agência central dos Correios, localizada no centro do Recife, apenas 30% dos atendimentos serão mantidos e a prioridade será para entrega de correspondências e mercadorias.

Atraso de contas

A greve também pode atrasar o recebimento de contas mensais, nesse caso, o ideal é puxar a fatura pela internet.

Reunião com funcionários

Está marcada para às 16h desta quarta-feira (11) outra assembleia com o sindicato e com funcionários dos Correios.