REGIãO METROPOLITANA DO RECIFE

Pega ônibus ou metrô lotado? Saiba como denunciar as irregularidades

Em meio à pandemia do coronavírus, passageiros enfrentam problemas e medo com superlotação

Pega ônibus ou metrô lotado? Saiba como denunciar as irregularidades

Ônibus saíram lotados do terminal, na manhã desta sexta-feira (19) - Foto: Bruno Campos / JC Imagem

O plano elaborado pelo Governo de Pernambuco para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus entra nesta segunda-feira (20), na 6º fase, na Região Metropolitana do Recife. Quanto mais setores volta a funcionar, mais gente precisa do transporte público. E, dentro dos ônibus e dos trens, a impossibilidade de cumprir o distanciamento social se tornou mais um, entre tantos problemas que os passageiros precisam enfrentar diariamente.

Ao todo, por dia, 120 mil pessoas utilizam o serviço do metrô do Recife. Um número bem alto, mas, que nem longe lembra o que era registrado antes da pandemia do coronavírus.

Redução

Por conta da redução, a CBTU alterou o horário das linhas Centro e Sul que funcionam hoje, das 5h30 às 9h30 e das 15h30 às 21h30. A linha Diesel os chamados VLT's estão sem operar. Houve também um reforço na limpeza dos trens. Todos eles são higienizados a cada viagem.

Passageiros insatisfeitos

Mas, apesar da ampliação dos horários, os passageiros não estão satisfeitos com o serviço por conta da superlotação o que gera aglomeração. A gerência da CBTU reconhece o problema, sabe que ele existe, mas revela que não pode fazer nada. A cada dia o número de passageiros aumenta, mas a quantidade de trens permanece o mesmo. Ao todo, são 10 na linha Centro e 6 na Linha Sul. 

De acordo com a companhia, pelo menos 50% dos funcionários estão afastados por conta do coronavírus. São pessoas com idades acima dos 60 anos e com doenças pré existentes, consideradas do grupo de risco. O maquinista Waldecy Marques, por exemplo, trabalha no setor de treinamentos há mais de 10 anos. Por conta da redução no quadro, teve que voltar a pilotar os trens para ajudar a equipe.

A companhia explica também que está mantendo contato com os funcionários e também com os sindicatos.

Ônibus lotados

Das estações do metrô para os terminais integrados, também há reclamações. O tema é o mesmo: superlotação. Embora a equipe da TV Jornal não tenha encontrado ônibus lotados no terminal, os passageiros revelam que o problema começa quando eles saem daqui.

Segundo o Grande Recife Consórcio, 70% da frota de ônibus estão nas ruas. 71 linhas estão operando normalmente, entre elas: TI/Pelopidas, Xambá, Joana Bezerra e PE-15/Boa Viagem.

A gerente de fiscalização do consórcio, Kathia Sena, explica que hoje, o serviço opera com cerca de 560 mil passageiros por dia. Antes da pandemia, esse número chegava a R$ 1.800.000,00. Ela reconhece que algumas empresa estão resistindo em colocar os ônibus nas ruas por conta do custo já que a demanda diminuiu. Mas, ela reforça que o Grande Recife está de olho e pede para que os passageiros fiscalizem também e denunciem qualquer irregularidade.

Como denunciar?

O passageiro que encontrar irregularidades nos ônibus devem denunciar ao Grande Recife Consórcio de Transportes. O número do WhatsApp é  9-9488-3999.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.