CASO MIGUEL

Caso Miguel: Ex-patroa presta depoimento e mãe do menino aguarda na delegacia

Mirtes Renata, mãe do garoto Miguel, foi até a delegacia com um retrato do filho e espera falar com a ex-patroa pela primeira vez após o ocorrido

Caso Miguel: Ex-patroa presta depoimento e mãe do menino aguarda na delegacia

Mirtes Renata levou um retrato do seu filho para aguardar o depoimento da ex-patroa, na delegacia de Santo Amaro - Foto: Reprodução/TV Jornal

Vinte e oito dias após a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, que caiu do nono andar de um prédio de luxo do Recife, a esposa do prefeito de Tamandaré, Sarí Gaspar Côrte Real, de 31 anos, ex-patroa da mãe do menino Miguel, presta depoimento nesta segunda-feira (29), na Delegacia de Santo Amaro, área central do Recife. 

A ex-patroa foi autuada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) porque estava com a guarda temporária do menino, filho da trabalhadora doméstica Mirtes Renata, no dia morte da criança. No dia da tragédia, Mirtes estava de serviço da casa de Sarí e deixou o filho aos cuidados da mulher enquanto levava os cachorros da empregadora para passear.

Confira

A reportagem da TV Jornal apurou que o delegado Ramon Teixeira, responsável pelo caso, abriu a delegacia duas horas mais cedo para ouvir Sarí, que chegou ao local por volta das 5h55min, acompanhada do seu marido, Sérgio Hacker, prefeito do município de Tamandaré, de um motorista e de um advogado. Outros dois advogados chegaram em seguida.

Ainda não se sabe de que horas o depoimento irá acabar. A mãe de Miguel também foi à delegacia após descobrir que a ex-patroa está prestando depoimento. Ela permanece na frente do local, segurando um retrato de Miguel.

Prazo do inquérito

Como o acidente aconteceu no dia 2 de junho, o delegado Ramon Teixiera tem até o dia 1 de julho, próxima quarta-feira, para entregar o inquérito. Todos os laudos já estão com o delegado, que convocou Sarí para prestar, possivelmente, o último depoimento nesta segunda (29).

O caso

Miguel era filho de Mirtes Renata Santana de Souza, empregada doméstica de um dos apartamentos do Condomínio Píer Maurício de Nassau, também conhecido como Torres Gêmeas, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife.

A patroa dela, Sarí Côrte Real, esposa do prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), foi presa em flagrante, indiciada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), e liberada após pagamento de fiança de R$ 20 mil.

O fato aconteceu na tarde da terça-feira, dia 2 de junho, quando Sarí mandou Mirtes passear o cachorro da família e se responsabilizou por olhar o garoto. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.